Document details

Prática de ensino supervisionada em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico

Author(s): Sousa, Sónia

Date: 2015

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10198/12695

Origin: Biblioteca Digital do IPB

Subject(s): Experiências de ensino-aprendizagem; Envolvimento; 1º Ciclo do Ensino Básico; Educação Pré-Escolar; Escala de envolvimento da criança


Description

O presente relatório incide sobre o âmbito da unidade de Prática de Ensino Supervisionada, do Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico que teve lugar em dois contextos educativos, situados num agrupamento de escolas da cidade de Bragança. A prática foi desenvolvida em contexto de 1.º Ciclo do Ensino Básico, com alunos de 6 e 7 anos de idade e em contexto de Educação Pré-Escolar, com crianças de 3, 4 e 5 anos de idade, um grupo vertical. No decorrer da prática as experiências de ensino-aprendizagem foram integradoras de modo a incentivar as crianças a terem um papel mais ativo na construção das aprendizagens. Tem como intencionalidade educativa o interesse da criança e a promoção de um maior nível de envolvimento da criança nas atividades. A investigação apresentada está relacionada com a questão do envolvimento das crianças nas aprendizagens e procurou dar resposta para a questão que surgiu no decorrer da prática profissional: que nível de envolvimento apresentam as crianças nas atividades propostas? Neste sentido delineamos os seguintes objetivos: (i) compreender o envolvimento das crianças; (ii) refletir sobre o nível de envolvimento das crianças nas diferentes tarefas. O estudo incidiu numa abordagem de natureza qualitativa, em que se recorreu a várias técnicas e instrumentos de recolha de dados. Foram feitas observações em atividades orientadas e em atividades livres, nas diferentes áreas de conteúdo, e recorreu-se à escala de observação do envolvimento da criança (Laevers, 1994), de modo a compreender a lista de indicadores de envolvimento e os níveis de envolvimento numa escala de cinco pontos. Os dados revelam que o envolvimento das crianças no contexto de Educação Pré-Escolar foi, em comparação, ao contexto de 1. Ciclo do Ensino Básico relativamente melhor. Podemos constatar que as crianças que se envolvem mais nas atividades obtêm melhores aprendizagens e é no bem-estar e no ambiente em que a criança se encontra que atua o envolvimento.

This report covers the scope of the Supervised Teaching Practice, of the Masters in Preschool Education and Teaching of the 1st Cycle of Basic Education which took place in two educational environments, located in a group of schools from the city of Bragança. The internship was developed in the context of a 1st Cycle of Basic Education, with students aged between 6 and 7 years old and in the context of preschool education, with children aged between 3, 4 and 5 years old, a vertical group. During the practice the teaching and learning experiences were inclusive in order to encourage children to have a more active role in the construction of learning. The educational intentions are the interests of the children and to promote a higher level of involvement of children in activities. The presented investigation is related with the issue of the involvement of children in learning and tried to give an answer to the question that appeared during the course of professional practice: What level of involvement do the children present in the proposed activities? In this way we outlined the following objectives: (i) understand the children’s involvement; (ii) consider the level of involvement of children in different tasks. The study focused on a qualitative approach, in which we used several techniques and data collection instruments. There were made observations in guided and free activities in different content areas and we used the Ferré Laevers (1994) scale of involvement in order to evaluate the child’s list of engagement indicators and the levels of engagement on a five point scale. The results show that the involvement of children in the preschool education was, in comparison to the context in the 1st Cycle of Basic Education, relatively better. We can also note that in this study, children who engage more in activities, get better learning results and is on the welfare and the environment in which the child is that the involvement acts.

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Freire-Ribeiro, Ilda
Contributor(s) Sousa, Sónia
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents