Document details

Efeitos de um treino aeróbio em doentes em programa de hemodiálise

Author(s): Sousa, Tânia

Date: 2012

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10198/8075

Origin: Biblioteca Digital do IPB

Subject(s): Envelhecimento ativo; Insuficiência renal crónica; Treino intradialítico; Capacidade funcional; Qualidade de vida


Description

A Insuficiência Renal Crónica e consequente tratamento hemodialítico tem um potencial significativo na alteração do estilo de vida destes doentes, conduzindo-os a uma dependência de cuidados de saúde e reabilitação e, eventualmente, à perda de papéis sociais, tornando a promoção de um Envelhecimento Ativo fulcral nesta população. Em virtude das alterações mencionadas torna-se imprescindível a implementação de estratégias e programas de treino de exercício físico que visem minimizar grande parte das complicações recorrentes desta síndrome e que contribuam consequentemente para uma melhoria da qualidade de vida. Esta investigação pretende avaliar os efeitos de um treino aeróbio em doentes hemodialisados com insuficiência renal crónica. A população deste estudo foi constituída pelos 100 doentes com Insuficiência Renal Crónica em programa regular de hemodiálise na clínica de hemodiálise Tecnologias e Serviços Médicos, SA, de Mirandela, sendo oferecida a todos a mesma possibilidade de participar no programa de treino. Após aplicados os critérios de exclusão resultou um grupo com condições para participar no treino, do qual foram seleccionados aleatoriamente por ordem alfabética 16 doentes, para integrar o Grupo de Controlo (GC). Posteriormente e tendo em consideração as escolhas dos próprios doentes e as condições logísticas da clinica, resultou uma amostra de 43 doentes para integrar no Grupo de Treino (GT). O programa de treino aeróbio foi implementado no início do mês de Maio de 2012 durante 8 semanas consecutivas, com uma frequência de 3 sessões por semana durante o tratamento de hemodiálise. Antes e após a intervenção foram executadas as respetivas avaliações físicas e funcionais, e questionário SF-36v2 de autopreenchimento. O grupo de treino é caracterizado por uma média de idades de 71,93±11,76 anos e encontram-se a efectuar hemodiálise a 4,29±3,22 anos, evidencia, após a intervenção alterações significativas nos níveis de hemoglobina de 11,02±0,88g/dL para 11,3±0,698g/dL e no hematócrito de 32,55±2,62% para 33,59 1.9%. Relativamente aos testes funcionais importa referenciar o aumento do número de repetições de 13,24±4,96 para 18.08±6,23 no teste Sentar/Levantar e a diminuição do tempo necessário para a execução do teste Levantar e Andar de 15,03±10.90s para 9,67±5,74s. Quanto à Qualidade de Vida, verificou-se alteração significativa referente à componente saúde mental, de 49,93±9,953 para 53,22±7,545. O treino implementado teve, de forma geral, uma repercussão benéfica na capacidade aeróbia/funcional destes doentes, bem como na percepção da sua Qualidade de Vida, especificamente na componente referente a saúde mental. Novas investigações são necessárias para determinar os efeitos deste tipo de treino sobre a tensão arterial, glicose e dose de EPO administrada. The Chronic Kidney Disease and the hemodialysis treatment has significant potential in changing negatively the lifestyle of these patients, leading them to a reliance on health care and rehabilitation and, eventually, loss of social roles. Therefore, the promotion of Active Ageing in this population is critical. Because of the changes mentioned, it’s essential the implementation of strategies and programs for exercise training, designed to minimize many of the complications of this syndrome and consequently contribute to an improved quality of life. This research aims to evaluate the effects of aerobic training in hemodialysis patients with chronic renal disease. The study population was composed of 100 patients with Chronic Kidney Disease on regular hemodialysis program in the Clínica Tecnologias e Serviços Médicos, SA, de Mirandela, being offered to everyone the same opportunity to participate in the program training. After applying the exclusion criteria the resulte was a group with conditions to participate in the training, which were randomly selected alphabetically 16 patients, to integrate the Control Group (GC). Later, taking into account the choices of the patients and the logistics of clinical conditions, the result was a sample of 43 patients to integrate the Training Group (GT). The aerobic exercise program was implemented in early May of 2012 for 8 consecutive weeks, with a frequency of 3 sessions per week during the dialysis treatment. Before and after the intervention were executed the respective functional and physical assessments and the SF36-v2 questionnaire. The training group is characterized by a mean age of 71.93±11.76 years and in hemodialysis 4.29±3.22 years, after the intervention had significant changes in hemoglobin levels of 11.02±0.88g/dL to 11.3±0.698g/dL and hematocrit of 32.55±2.62% to 33.59±1.9%. In the sit to stand test were observed changes in the number of repetitions of 13.24±4.96 to 18.08±6.23 and in the up and go the time to complete the test went from 15.03±10.90s to 9.67±5.74s. In the quality of life, the change was from 49.93±9.953 to 53.22±7.545 in the component related to mental health. The intradialytic aerobic training implemented was, in general, a beneficial effect on aerobic capacity/functional of these patients, as well on the perception of their quality of life, specifically in the component related to mental health. Further investigations are needed to determine the effects of this type of training on blood pressure, glucose and EPO dose administered.

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Novo, André; Anes, Eugénia
Contributor(s) Sousa, Tânia
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents