Document details

Estudo do polén apícola comercial

Author(s): Nogueira, Carla

Date: 2012

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10198/8362

Origin: Biblioteca Digital do IPB

Subject(s): Pólen apícola; Caracterização do pólen; Análise polínica; Atividade antioxidante; Atividade antirnicrobiana


Description

O pólen apícola é o resultado da aglutinação do pólen das flores efetuada pelas abelhas, mediante acréscimo de substâncias salivares e pequenas quantidades de néctar ou mel [20]. O pólen é um produto utilizado na alimentação humana como suplemento alimentar pois contém substâncias nutricionalmente essenciais, como hidratos de carbono, proteínas, aminoácidos, lípidos, vitaminas, substâncias minerais e oligoelementos, além de quantidades significativas de compostos fenólicos principalmente flavonóides. Possui também efeitos benéficos para a saúde humana como a prevenção de problemas da próstata, dessensibilização de alergias, aterosclerose e neoplasias. O presente estudo teve como objetivo analisar o rótulo, as propriedades físico-químicas e nutricionais, a segurança microbiológica e ainda as propriedades bioativas de oito amostras de pólen adquiridos no mercado. Da análise ao rótulo verificou-se que 12,5% das amostras não apresentavam todas as menções obrigatórias. Para as amostras de pólen comercial foram identificadas 11 famílias sendo o tipo Cistaceae o dominante. No que diz respeito às análises físico químicas todos os parâmetros analisados, á exceção da humidade, encontravam-se dentro dos limites estabelecidos pela legislação Brasileira. Os valores para o pH variaram entre 4,23 e 5,03, enquanto que a aw oscilou entre 0,26 e 0,43. Os teores em proteínas e açucares redutores variaram respetivamente, entre 12,50 e 25,15% e, entre 26,10 e 41,79%. Os teores em lípidos das amostras em estudo foram baixos, variando entre 2,35 e 3,33%. Estes resultados sugerem que o pólen apícola é um excelente suplemento alimentar. No que diz respeito á qualidade microbiológica os valores obtidos para os indicadores de qualidade comercial, sanitária e de segurança indicam que o pólen apícola é um alimento seguro. Em 50% das amostras analisadas estavam presentes leveduras, no entanto o número foi baixo. Das leveduras isoladas foram identificadas seis espécies. Os teores de compostos fenólicos totais variaram entre 16,079 a 45,953 mg GAE/g. A atividade antioxidante (EC50) dos extratos etanólicos de pólen foi de 1,95mg/mL e 1,62mg/mL quando determinado pelo método do DPPH e pelo método do poder redutor, respetivamente. Os EEP mostraram atividade antimicrobiana contra todos os microrganismos.The bee pollen is the result of agglutination of pollen carried by bees from flowers by adding substances salivary and small amounts of nectar or honey [20]. Pollen is a product used in food as a dietary supplement it contains nutritionally essential substances such as carbohydrates, proteins, amino acids, lipids, vitamins, minerals and trace elements, as well as significant quantities of phenolic compounds mainly flavonoids. It also has beneficial effects on human health and the prevention of prostate problems, allergy desensitization, atherosclerosis and cancer. The present study aimed to examine the label, the physico-chemical and nutritional, microbiological safety and even the bioactive properties of eight pollen samples purchased from the market. Analysis of the label was found that 12.5% of all samples had not mandatory. For samples of commercial pollen were identified 11 families being the dominant type Cistaceae. With regard to physical chemical analyzes all parameters, except for the humidity will, were within the limits established by Brazilian legislation. Values for the pH varied between 4.23 and 5.03, while Aw ranged between 0.26 and 0.43. The amounts of proteins and reducing sugars ranged respectively between 12.50 and 25.15% and between 26.10 and 41.79%. The lipid content of the samples in the study were low, ranging between 2.35 and 3.33%. These results suggest that the pollen load is an excellent dietary supplement. With regard to the quality values obtained for microbiological indicators of commercial quality, health and safety suggest that bee pollen is a food secure. In 50% of the samples analyzed were present yeasts, however the number was low. From the yeasts were identified six species. The content of total phenolic compounds ranged from 16.079 to 45.953 mg GAE / g. The antioxidant activity (EC50) of ethanol extracts of pollen was 1.95 mg / mL and 1.62 mg / ml when determined by the method of DPPH and method of reducing power, respectively. The EEP showed antimicrobial activity against all microorganisms.

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Estevinho, Leticia M.
Contributor(s) Nogueira, Carla
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents