Document details

O enquadramento do programa Novas Oportunidades face à escola pública atual – um estudo com professores a exercer em Agrupamentos de Escolas do Distrito de Bragança

Author(s): Marcos, Luísa Maria

Date: 2013

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10198/9243

Origin: Biblioteca Digital do IPB

Subject(s): Programa Novas Oportunidades; Educação de adultos; Experiência profissional; Formação em contexto; Perceções dos professores; Reconhecimento


Description

O relatório de que aqui se dá conta narra o processo de investigação relativo à pesquisa de fundamentos teóricos e empíricos relativos ao Programa Novas Oportunidades (a partir de agora referido ou por Programa ou por NO), iniciado em 2002, e, ainda, à coleta de perceções de professores de agrupamentos de escolas do Leste e Sul do Distrito de Bragança, no ano letivo de 2011/2012, sobre a organização e utilidade do mesmo Programa. A pesquisa dos fundamentos teóricos e empíricos é o objeto da primeira parte do relatório e debruça-se sobre a educação de adultos e, em particular, sobre o Programa Novas Oportunidades, o qual se enquadra em objetivos de política educativa de aumentar as qualificações dos portugueses, de dar uma segunda oportunidade aos que abandonaram precocemente a escola ou que procuram uma reconversão da sua formação e, ainda, em objetivos de contextualizar a formação em experiências de vida e em contextos de trabalho. Esta pesquisa percorre ainda todo o quadro legislativo e regulamentador do Programa. O reconhecimento da existência de uma forte relação entre o desenvolvimento do Programa Novas Oportunidades e os princípios da educação de adultos torna também pertinente que nos interroguemos sobre o que pensam os professores implicados em relação às vantagens e desvantagens do Programa bem como sobre a coerência que este apresenta face aos princípios orientadores da escola pública. A indagação, recolha, sistematização e interpretação das perceções das professoras e dos professores de uma amostra de docentes em exercício no Programa Novas Oportunidades é objeto da segunda parte do relatório e é feita através de um inquérito por questionário constituído por questões fechadas e por questões abertas a todos os 35 professores dos agrupamentos de escolas das zonas geográficas supraditas, tendo-nos sido volvidos 30 questionários. A análise das respostas estruturadas é feita através da organização das respostas em frequências. A análise das respostas abertas é feita através de análise de conteúdo semântico. Como principais conclusões, realça-se, no plano teórico, a íntima ligação entre a conceção política da formação, no âmbito do Programa, entre Educação de Adultos, experiências de vida, contextos de trabalho e reconhecimento, validação e certificação das experiências profissionais e saberes adquiridos. Realça-se, no plano empírico, a tempestividade da execução do Programa sem cuidar da formação dos formadores, os quais revelam dificuldades na concretização do Programa apesar de, na sua maioria, concordarem com os princípios, objetivos e estratégias que o enformam. Revelam ainda desajustamento dos programas de formação às necessidades de formação dos formandos e, ainda, insuficiência de recursos pedagógicos. Porém, esta avaliação pode estar dependente da habituação ao manual escolar por parte dos professores.

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Ferreira, Henrique da Costa; Gonçalves, Iria dos Anjos
Contributor(s) Marcos, Luísa Maria
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo