Document details

Diagnóstico e tratamento de doenças peri-implantares: conceitos atuais

Author(s): Rodrigues, Jorge Miguel Gaspar

Date: 2014

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.26/13755

Origin: Egas Moniz - Cooperativa de Ensino Superior, CRL

Subject(s): Implantes; Peri-implantite; Diagnóstico; Tratamento


Description

Atualmente o tratamento com implantes dentários tem-se tornado cada vez mais frequente para repor dentes perdidos, demonstrando taxas de sucesso de 95% após 5 anos em função. Excelentes resultados podem ser esperados, no entanto complicações biológicas podem ocorrer como as doenças peri-implantares. Apesar dos implantes serem considerados como uma opção de tratamento previsível, as doenças peri-implantares podem ocorrer, colocando um desafio quer para o clínico quer para o doente. Foi realizada uma pesquisa na Medline/Pubmed que incluiu artigos publicados em inglês até ao fim de 2014. As seguintes palavras foram usadas: “dental implants”, “peri-implant health”, “peri-implant disease”, “peri-implantitis”, “peri-implant sulcus fluid”, “peri-implant keratinized mucosa”, “implant mobility”, “treatment peri-implant infections”, “treatment peri-implantitis”. O objectivo desta revisão de literatura foi avaliar os parâmetros de diagnóstico clínicos e radiográficos. Avaliar a prevalência das doenças peri-implantares, analisar quais os indicadores de risco dividindo-os de acordo como grau de evidência sustentado pela literatura, em indicadores de evidência substancial, de evidência limitada e de evidência pouco clara. E por fim analisar os diferentes tratamentos existentes, descrevendo o seu protocolo e resultados clínicos e radiográficos. Até à data, a literatura sugere como indicadores de risco com evidência substancial para a doença peri-implantar a má-higiene oral, história de periodontite e o tabaco. É fundamental uma monitorização nas consultas de suporte periodontal de forma a prevenir e diagnosticar precocemente as doenças peri-implantares, uma vez que estas podem conduzir à completa perda de osteointegração e consequente perda do implante. Continuam ainda por esclarecer quais as estratégias terapêuticas mais eficazes para o tratamento das lesões peri-implantares tendo em conta a sua morfologia, extensão e severidade. Contudo, as modalidades terapêuticas atualmente implementadas fornecem um benefício considerável para a prática clínica.

Dissertação para obtenção do grau de Mestre no Instituto Superior de Ciências da Saúde Egas Moniz

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Santos, Alexandre
Contributor(s) Rodrigues, Jorge Miguel Gaspar
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents