Document details

Quantificação da variação da cor de materiais restauradores utilizados em odontopediatria após pigmentação

Author(s): Araújo, Andreia Sofia Lopes de

Date: 2014

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.26/13779

Origin: Egas Moniz - Cooperativa de Ensino Superior, CRL

Subject(s): Pigmentação; Cimento de inómero de vidro convencional; Cimento de inómero de vidro reforçado por resina; Resina composta


Description

Objetivo: Quantificar a variação da cor de dois cimentos de ionómero de vidro e de uma resina composta, utilizados na prática de odontopediatria, após serem imersos em diferentes agentes pigmentantes. Materiais e Métodos: Recorrendo a dois cimentos de ionómero de vidro (Photac™ Fil e Ketac™ Molar) e a uma resina composta microhíbrida (Filtek™ z250) foram efectuados 40 discos de cada material (10 mm de diâmetro e 2 mm de espessura). As amostras foram imersas em saliva artificial (grupo controlo), Coca-Cola®, Ice Tea® de pêssego e Leite com chocolate, durante 72 horas, numa estufa a 37ºC. Decorrido este período, as amostras foram lavadas em 50 ml de água destilada. Por último, através da utilização do Espectrofotómetro, procedeu-se à leitura dos resultados. A variação da cor foi medida de acordo com o sistema CIE L* a* b*. As alterações de cor foram analisadas estatisticamente utilizando os testes paramétricos ANOVA one-way e ANOVA com correcção de Welch, o teste não paramétrico Kruskal-Wallis e os testes post-hoc Dunnet T3 e Tukey com ρ≤ 0,05. Resultados: A imersão dos materiais restauradores nos diferentes agentes pigmentantes, provocou uma variação de cor significativa das mesmas. O agente pigmentante que apresentou resultados de pigmentação mais elevados foi o Ice Tea® de pêssego. O leite com chocolate foi o fluido que apresentou menor capacidade pigmentante em todos os materiais restauradores em estudo. A maior variação de cor verificou-se no Ketac™ Molar em Coca-Cola® e a menor variação no Filtek™ z250 em leite com chocolate. Conclusão: Todos os materiais restauradores demonstraram ser susceptíveis à pigmentação, por parte de todos os agentes pigmentantes. O Filtek™ z250 demonstrou ter uma melhor estabilidade de cor, seguido pelo Photac™ Fil e por último, pelo Ketac™ Molar.

Dissertação para obtenção do grau de Mestre no Instituto Superior de Ciências da Saúde Egas Moniz

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Lopes, Luísa Bandeira
Contributor(s) Araújo, Andreia Sofia Lopes de
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents