Document details

Fármacos utilizados para controlo da dor em medicina dentária

Author(s): Azevedo, Joana Mouga

Date: 2013

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.26/13967

Origin: Egas Moniz - Cooperativa de Ensino Superior, CRL

Subject(s): Dor orofacial; Analgesia; Controlo da dor; Tratamento farmacológico


Description

A dor orofacial é uma condição que afecta a maioria dos indivíduos, num ou noutro momento da sua vida, sendo uma das principais causas da procura do médico dentista. Está associada aos tecidos da cabeça, face, pescoço e estruturas da cavidade oral. A dor orofacial quer seja aguda ou crónica, nociceptiva ou neuropática, pode ter diversas causas: problemas odontogénicos, músculo-esqueléticos, neuropáticos, infecções, trauma tecidual, doenças auto-imunes, cirurgias, sinusite e neoplasias. A analgesia, proporcionada pelo tratamento farmacológico traduz-se num maior conforto para o paciente, permitindo o retorno à sua vida normal e a melhoria da sua qualidade de vida. O controlo da dor torna-se, desta forma, um aspecto essencial na prática clínica do médico dentista, que deve fazer um diagnóstico diferencial da dor orofacial. Assim, o médico dentista deve conhecer os diversos fármacos disponíveis no mercado, saber quais as suas características, efeitos adversos e contra-indicações, de modo a seleccionar o fármaco mais adequado para cada paciente e para cada situação particular. Na prática da Medicina Dentária, o tratamento farmacológico da dor pode ser feito através de diversos fármacos, pertencentes a diferentes grupos farmacológicos, nomeadamente: analgésicos de acção periférica e central, corticosteróides, anti-depressivos, anti-epilépticos e relaxantes musculares. Estes fármacos apresentam propriedades analgésicas diferentes e são mais eficazes em certos tipos de dor que noutras; por exemplo, os analgésicos de acção periférica e central, corticosteróides e relaxantes musculares são mais eficazes na dor nociceptiva aguda/crónica e os anti-depressivos e anti-epilépticos na dor neuropática crónica. Desta forma, esta dissertação consiste numa revisão da literatura científica relativa aos diferentes fármacos utilizados no controlo da dor orofacial, tendo como objectivos a caracterização dos vários fármacos utilizados para este fim, identificar e definir quais as características principais dos vários tipos de dor orofacial mais comuns e o seu respectivo tratamento farmacológico.

Dissertação para obtenção do grau de Mestre no Instituto Superior de Ciências da Saúde Egas Moniz

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Costa, Isabel Margarida
Contributor(s) Azevedo, Joana Mouga
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents