Document details

Liberdade de movimentos e posicionamentos durante o 1º e o 2º estádios do trabalho de parto:

Author(s): Cajão, Raquel Cardoso

Date: 2016

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.26/17351

Origin: Escola Superior de Enfermagem de Lisboa

Subject(s): Enfermagem obstétrica; Segunda fase do trabalho de parto; Primeira fase do trabalho de parto; Trabalho de parto


Description

Devido ao uso que se faz da tecnologia e a intervenções realizadas de forma rotineira, nas últimas décadas a grande maioria das mulheres passou a ter um papel passivo no seu trabalho de parto (TP). Orientada por uma perspetiva de cuidados humanizados e de respeito pela mulher, e com o desejo de desenvolver competências que visem o respeito pelo processo fisiológico e pela dinâmica de cada nascimento, escolhi como tema a aprofundar a liberdade de movimentos e posicionamentos (LMP) durante o 1.º e o 2.º estádios do TP. Utilizei para este efeito a revisão da literatura (RL), a qual, entre outros benefícios, revelou que este cuidado especializado do Enfermeiro Especialista em Enfermagem de Saúde Materna e Obstetrícia (EESMO) visa proporcionar um parto e um nascimento saudáveis, promovendo a participação ativa da mulher. Assim o meu objetivo é contribuir para o incentivo da prática da LMP no 1.º e 2.º estádios do TP pelo EESMO, como uma medida de promoção da participação ativa da mulher no seu TP. Com este fim, reuni informação acerca do estado de arte sobre o tema através de uma RL nas plataformas EBSCOhost, CINAHL, Cochrane e Medline, e em literatura cinzenta. As palavras-chave utilizadas foram “EESMO”, “movimento” e “TP”. O horizonte temporal pesquisado foi entre 1990 e 2014, incluindo todos os artigos escritos em português, inglês, espanhol e francês, completos e no âmbito da temática. A análise do conteúdo da RL evidenciou que a LMP durante o TP apresenta vários benefícios e contribui para a promoção da autonomia da mulher na sala de partos. Embora haja a advertência da Organização Mundial de Saúde (OMS) e inúmera literatura que demonstra os benefícios da LMP durante o 1.º e o 2.º estádios do TP, este tema é ainda desacreditado por muitos profissionais de saúde, sendo assim necessário incentivar a sua prática.

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Oliveira, Madalena
Contributor(s) Cajão, Raquel Cardoso
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents