Document details

Vacinação contra papilomavírus: uma revisão

Author(s): Guerreiro, Sara Isabel Domingos

Date: 2016

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.26/17674

Origin: Egas Moniz - Cooperativa de Ensino Superior, CRL

Subject(s): Papilomavírus humano; Infeções; Cancro do colo do útero; Vacinação; Virus-like particles


Description

Ao longo dos últimos anos, e devido ao avanço da tecnologia científica, tem-se adquirido cada vez mais conhecimentos acerca do Papilomavírus humano (HPV). É considerado um dos vírus mais influentes da atualidade, tendo em conta a enorme variedade de genótipos que se tem vindo a identificar e caracterizar, já excedendo 150 diferentes, responsáveis por causar infeções tanto benignas como malignas. Os estudos desenvolvidos ao longo dos últimos anos permitiram sustentar a ideia de que o HPV é o principal responsável pelos casos de cancro do colo do útero existentes, a infeção sexualmente transmissível mais preocupante e mais comum dos últimos tempos. Posto isto, tornou-se imprescindível procurar um método preventivo, como a vacinação, para diminuir a taxa de incidência das infeções causadas pelo HPV. A vacinação é um tipo de imunização ativa que estimula o sistema imunitário. Aplica princípios imunológicos na medida em que utiliza preparações imunogénicas capazes de induzir respostas imunes em indivíduos, ainda que de modo artificial, sustentada pela criação de uma memória imunológica. O vírus é composto por proteínas estruturais essenciais de revestimento, das quais a proteína L1 é utilizada para o desenvolvimento das vacinas. Estas vacinas têm por base a formação de pequenas cápsulas que se assemelham a um vírus, chamadas virus-like particles (VLPs), que depois são expressas num sistema de expressão utilizando uma tecnologia de DNA recombinante. Atualmente, existem três vacinas profiláticas disponíveis contra o papilomavírus: a quadrivalente (Gardasil), eficaz contra os tipos HPV6, HPV11, HPV16 e HPV18; a bivalente (Cervarix), que cobre apenas os tipos HPV16 e HPV18; e a 9-valente (Gardasil 9) que abrange os mesmos tipos da vacina quadrivalente, mais o HPV31, HPV33, HPV45, HPV52 e HPV58.

Dissertação para obtenção do grau de Mestre no Instituto Superior de Ciências da Saúde Egas Moniz

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Gomes, Perpétua
Contributor(s) Guerreiro, Sara Isabel Domingos
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents