Document details

O papel do enfermeiro especialista na equipa de coordenação do acesso vascular arteriovenoso :

Author(s): Rocha, Rafaela

Date: 2017

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.26/19146

Origin: Escola Superior de Enfermagem de Lisboa

Subject(s): Enfermagem em nefrologia; Equipa de enfermagem; Hemodiálise


Description

Em 2015, em Portugal, 11514 doentes IRC realizavam tratamento de HD onde no primeiro tratamento, nos doentes incidentes, o AV prevalente foi o CVC em 51% dos doentes, seguindo-se muito aproximadamente a FAV em 41% dos doentes. Relativamente aos doentes prevalentes, o tipo de acesso prevalente é a FAV em 73,1%. Logo, é imperativo que as equipas de enfermagem que diariamente prestam cuidados aos doentes IRC, detenham o conhecimento adequado para uma correta avaliação e gestão do AV de forma a garantir a sua patência, e consequentemente, serem capazes de desemprenhar funções de promoção de saúde a doentes com maior longevidade de vida e com idade avançada quando iniciam as TSFR. O modelo de Nola J. Pender, o modelo de promoção da saúde, baseia-se na conceção de promoção da saúde, definida pelas atividades direcionadas para o desenvolvimento de recursos que mantenham ou intensifiquem o bem-estar da pessoa. O objetivo do estudo de investigação consiste em identificar o grau de conhecimento que as equipas de enfermagem detêm na temática da vigilância e monitorização do AV, e desta forma, justificar a necessidade um enfermeiro especialista numa equipa de coordenação do AV. Desenvolveu-se um estudo descritivo, enquadrado na investigação qualitativa, sendo o método de colheita de dados, um questionário com resposta fechada. O mesmo foi aplicado a enfermeiros prestadores de cuidados em 4 unidades de HD públicas e privadas, o qual se admitiu suficiente pelo tempo disponível para a realização do estudo. O procedimento escolhido para análise de dados foi a análise estatística de conteúdo. Podemos concluir com este estudo, que a formação contínua e a existência de protocolos de gestão do AV são essenciais à prestação de cuidados de enfermagem aos IRC, na temática do AV, justificando assim, a necessidade de um enfermeiro especialista numa equipa de coordenação do AV que suprima as necessidades identificadas.

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Saraiva, Maria
Contributor(s) Rocha, Rafaela
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents