Document details

Impacto da gestão do risco nas instituições financeiras: o caso da banca portuguesa

Author(s): Matias, Francisco José Ferreira

Date: 2013

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.26/3995

Origin: Instituto Politécnico de Setúbal

Subject(s): Acordos de Basileia; Gestão do risco; Risco operacional; Basel Accords; Risk management; Operational risk


Description

Este trabalho procura analisar os impactos no sistema financeiro português, em particular ao nível da gestão do risco operacional nas instituições financeiras, da implementação dos Acordos de Basileia. Focamos a avaliação do estágio de desenvolvimento das atividades relacionadas com a gestão de risco operacional e algumas questões relevantes, como as notações de risco devido à situação específica da banca portuguesa. Analisamos, através dos relatórios e contas dos bancos estudados, alguns indicadores que consideramos relevantes. Constatamos os passos do processo de gestão de risco operacional; as técnicas de identificação do risco; os sistemas informáticos e de avaliação do risco operacional e o impacto na perda total por tipo de risco operacional. De acordo com Associação Portuguesa de Bancos existem trinta e seis instituições financeiras em Portugal que integram um grupo de vinte e seis associadas. Selecionamos os cincos maiores bancos portugueses. O critério adotado foi o do volume de ativos totais (conforme site www.apb.pt.com, em 2 de Janeiro 2012). Os relatórios e contas de 2010 dos cincos bancos constituíram as fontes dos dados. Verificamos que os bancos selecionados desenvolvem integralmente as atividades relacionadas com a gestão de risco operacional e estão a evoluir para uma abordagem integrada da gestão de riscos. Além de que cumprem a generalidade dos requisitos dos Acordos de Basileia, seguindo para as questões específicas tratadas (métodos e técnicas) abordagens previstas nos referidos Acordos.

This paper analyzes the impacts on the Portuguese financial system of the implementation of the Basel Accords, particularly at financial institutions operational risk management level. We focus on the evaluation of the stage of development of the activities linked to operational risk management and some relevant issues, such as risk scoring due to the specific situation of Portuguese banks. Through the annual accounts of the banks studied, we analyze some relevant indicators. We found the process steps of operational risk management, risk identification techniques, computer systems and operational risk evaluation and the impact on total loss by type of operational risk. According to the Associação Portuguesa de Bancos there are thirty-six financial institutions in Portugal that are part of a group of twenty-six members. We selected the five largest Portuguese banks. The criterion used was the volume of total assets (as www.apb.pt.com site on January 2nd, 2011). The 2010 annual accounts of the five banks were the sources of the data. We verified that the selected banks develop fully the activities related to operational risk management and are moving towards an integrated approach to risk management. In addition, they fulfil the general requirements of the Basel Accords, following for the specific issues addressed (methods and techniques) the approaches under those agreements.

Dissertação de Mestrado em Contabilidade e Finanças

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Alves, Maria Teresa Venâncio Dores
Contributor(s) Matias, Francisco José Ferreira
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents