Document details

Conceções e práticas de escrita em alunos com dificuldades de aprendizagem

Author(s): Gomes, Susana Cristina de Araújo Vieira

Date: 2013

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.26/5278

Origin: Escola Superior de Educação João de Deus

Subject(s): Dificuldade de aprendizagem; Dificuldades na escrita


Description

A dificuldade associada à capacidade de escrever dos alunos constitui um facto que não merece qualquer contestação. Durante muito tempo o ensino da escrita não teve o destaque devido na aula de português, sendo frequentemente encarado como um meio e não como um fim da aprendizagem. Atualmente, os novos programas de português, assim como as metas curriculares de português, introduzidas recentemente, e as formações levadas a cabo têm permitido que se prossiga na direção crescente de consciencializar os professores para a importância do ensino processual da escrita. Nos alunos com dificuldades de aprendizagem no âmbito da produção textual, os obstáculos associados à expressão escrita acentuam-se, urgindo caminhar no sentido de alteração de práticas e conceções em torno do ensino da escrita. O termo dificuldades de aprendizagem tem sido alvo de diferentes conceções, sendo que uma grande variedade de definições e características lhe são associadas. Em comparação com outras perturbações da aprendizagem, as dificuldades de aprendizagem associadas à expressão escrita são relativamente pouco avaliadas e tratadas (Cruz, 2009). Nesta perspetiva, o objetivo basilar desta investigação é o estudo das conceções e práticas de escrita em alunos com dificuldades de aprendizagem, de modo a verificar até que ponto o ensino processual da escrita beneficia essa tipologia de alunos. Por outro lado, pretende-se também observar as práticas letivas dos professores no que concerne a atividades de escrita. A amostra foi constituída por professores de português do 1º, 2º e 3º ciclos de um agrupamento do concelho de Matosinhos. Os resultados deste estudo mostram que os alunos com dificuldades de aprendizagem na produção textual beneficiam com a utilização de estratégias potenciadoras do ensino processual da escrita e que, na sua prática, os professores utilizam algumas dessas estratégias no ensino da expressão escrita, embora se observe que privilegiam atividades de leitura em detrimento de atividades de escrita.

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Contributor(s) Gomes, Susana Cristina de Araújo Vieira
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents