Document details

Atmosfera de baixo oxigénio aplicada a placas autochrome em exibição

Author(s): Casella, Maria Luisa da Silveira

Date: 2013

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.26/5878

Origin: Instituto Politécnico de Tomar

Subject(s): Placa autochrome; Atmosfera de oxigénio reduzido; Desvanecimento à luz; Corantes; Embalagem selada; Exposição


Description

As placas autochrome foram o primeiro processo fotográfico a côr comercialmente viável. A fraca estabilidade à luz dos corantes presentes no ecrã de côr levaram a maioria das instituições culturais com este tipo de material a adoptarem uma política de não exibição de originais, recorrendo ao uso de fac-similes. A presente investigação, levada a cabo no Metropolitan Museum of Art em Nova Iorque, estudou a estabilidade à luz, sob uma atmosfera de baixo oxigénio, dos seis corantes presentes no ecrã de côr das placas autochrome – Tartrazina, Eritrosina B, Rosa Bengala, Azul Patente, Cristal Violeta, e Azul Flexo. Os corantes foram testados individualmente na primeira fase da investigação e, na segunda fase, nas combinações vermelho-laranja, verde e azul-violeta presentes no ecrã de côr das placas autochrome. Amostras produzidas seguindo as formulações históricas foram expostas a 8.29 horas megalux. Foram recolhidas leituras espectrofotométricas antes e após a exposição à luz. Um grupo de amostras foi exposto numa atmosfera de baixo oxigénio (menos de 0.1%) e um segundo grupo comparativo foi exposto à luz em condições atmosféricas de oxigénio (cerca de 21%). Os resultados indicam o benefício das condições de baixo oxigénio em retardar o grau de desvanecimento do ecrã de côr das placas autochrome expostos a elevados níveis de luz. Os resultados desta investigação permitiram o Metropolitan Museum of Art exibir placas autochrome originais pela primeira vez em mais de vinte-cinco anos, no âmbito da exposição Stieglitz, Steichen, Strand. Cinco placas autochrome da autoria de Alfred Stieglitz e Edward Steichen foram expostas em atmosfera de baixo oxigénio durante uma semana em Janeiro de 2011. Durante o restante período da exposição foram utilizados facsimiles. A terceira fase desta investigação consistiu no desenho, teste e implementação de uma embalagem selada de baixo oxigénio; na investigação de fontes de luz para exposição; no estabelecimento da metodologia de monitorização antes, durante e depois da exposição; e no desenho do método de exibição dos fac-similes.

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Pavão, Luís
Contributor(s) Casella, Maria Luisa da Silveira
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents