Document details

A integração da família no processo terapêutico do pré- adolescente / adolescente com anorexia nervosa.

Author(s): Luís, Ana Sofia Frade Cardoso

Date: 2013

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.26/6143

Origin: Instituto Politécnico de Setúbal

Subject(s): Metodologia de Projeto; Criança e Adolescente com Anorexia Nervosa; Família; Competências; Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiatria


Description

A anorexia nervosa (AN) em crianças e adolescentes é uma patologia psiquiátrica importante, dadas as limitações físicas e psíquicas que podem comprometer a sua vida. A importância do afastamento ou presença da família junto destes utentes é controversa e alvo de estudo. Este relatório de projeto foi elaborado no âmbito do segundo Mestrado em Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiatria, da Escola Superior de Saúde – Instituto Politécnico de Setúbal e os seus objetivos consistiram em relatar um Projeto de Intervenção em Serviço (PIS), elaborado com base na Metodologia de Projeto, assim como proceder à análise crítica das competências do Mestre em Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiatria. O PIS teve por base o estágio realizado numa unidade de internamento de Psiquiatria da Infância e Adolescência do nosso país e comtemplou as fases de diagnóstico e de planeamento da metodologia de projeto. Da questão de partida “Como é que num serviço de internamento de Psiquiatria da Infância e Adolescência, a família dos pré-adolescentes / adolescentes internados com AN é integrada no processo terapêutico?”, partiu-se para o Diagnóstico de Situação, onde foram utilizadas ferramentas como a observação participante, FMEA, análise dos registos de enfermagem, questionário e Focus Group. Foi definido como objetivo geral: - Conhecer como é que num serviço de internamento de Psiquiatria da Infância e Adolescência, a família dos pré-adolescentes / adolescentes internados com AN é integrada no processo terapêutico. Após o conhecimento das necessidades da população alvo – os enfermeiros – a linha teórica orientadora do projeto foi a Teoria das Transições, de Meleis, dada a identificação da sua teoria às necessidades apresentadas. A fase de planeamento pretendeu dar resposta à questão decorrente do diagnóstico e inspirada na teoria de Meleis, “Como é que o enfermeiro pode ajudar estes pais na transição de papel de cliente para o de recurso terapêutico?”. Concluímos que a terapia familiar e os grupos familiares psicoeducativos são dois tratamentos de eleição para crianças e adolescentes com AN e que seria benéfica a formação da equipa de enfermagem nestas duas abordagens psicoterapêuticas. Como limitações do projeto destacam-se a impossibilidade de realização da fase de execução, assim como a escassez de publicações relacionadas com o papel do enfermeiro na abordagem à família da criança/adolescente com AN.

Trabalho de Projeto apresentado para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiatria

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Lopes, Joaquim
Contributor(s) Luís, Ana Sofia Frade Cardoso
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents