Document details

Desenvolvimento de Competências nos familiares/cuidadores de pessoas com esquizofrenia

Author(s): Capela, Graça Maria Oliveira Lopes

Date: 2013

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.26/6268

Origin: Instituto Politécnico de Setúbal

Subject(s): Esquizofrenia; Familiares/cuidadores; Necessidades; Sobrecarga familiar; Intervenções familiares; Intervenções psicoeducativas; Schizophrenia; Family / caregivers; Needs; Family burden; Family interventions; Psychoeducational interventions


Description

A problemática deste trabalho centra-se na identificação das necessidades dos familiares/cuidadores de pessoas portadoras de esquizofrenia, com posterior aplicação de sessões psicoeducativas direcionadas aos elementos da amostra. A esquizofrenia é uma doença complexa e crónica, sendo a sua prevalência a nível mundial de 1%. Esta alteração do estado de saúde mental ostenta um conjunto de sintomas muito variados e complexos tornando-se, por vezes, de difícil compreensão. A responsabilidade dos cuidados diários, às pessoas com alteração do estado de saúde mental, recai sobre os familiares/cuidadores que, na sua grande maioria não possuem preparação para tal. Esta situação leva-os a vivenciar diversos sentimentos, que podem ser geradores de aumento do índice de emoções expressas, provocando na pessoa com alteração do estado de saúde mental um aumento de stress, e consequentemente a possibilidade de aumento de recaídas e reinternamentos. No presente trabalho de projeto, de carácter exploratório-descritivo, utilizámos os métodos quantitativo e qualitativo, recorremos à entrevista e ao questionário – Questionário de Problemas Familiares – Xavier et al. (1997). Para a colheita de dados examinámos os elementos da amostra, a qual foi constituída por oito familiares/cuidadores de pessoas portadoras de esquizofrenia, inscritos numa Unidade de Intervenção Comunitária e na Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados, correspondente, da margem sul. Através deste trabalho focalizámo-nos na promoção do desenvolvimento de competências destes familiares/cuidadores no lidar com o seu familiar, através de cinco sessões psicoeducativas, nas quais foram abordados os temas correspondentes às necessidades apresentadas pelos elementos da amostra. Pela avaliação das sessões estes familiares/cuidadores mostraram-se mais informados a acerca das suas necessidades, estando recetivos à transmissão de informação como forma de aprendizagem e, consequentemente, maior capacitação no cuidar do seu familiar. Houve também referência à importância de se conhecerem os profissionais de referência (assistente social), como forma de interligação no cuidar entre os profissionais e os familiares/cuidadores.

Abstract: Schizophrenia is a chronic and complex disease, and its worldwide prevalence is of 1%. This alteration of mental health state sports a set of symptoms varied and complex which makes it sometimes difficult to understand. The responsibility of daily care to people with an altered mental state, falls on the family / caregivers who, in their vast majority, have no preparation for such, which leads them to feel a swirl of emotions. These feelings lead to an increased rate of emotions expressed, which provokes, in the person with an altered mental state, an increase of stress and thus the possibility of increased relapse and rehospitalisation. The issue of this work focused on identifying the needs of families / carers of people with schizophrenia, with subsequent application of psychoeducational sessions directed at the elements of the sample. In this paper, of an exploratory-descriptive character, we used quantitative and qualitative methods, we used the interview and questionnaire– Questionário de Problemas Familiares – Xavier et al. (1997). For data collection we examined the elements of the sample, which consisted of eight family members / caregivers of persons with schizophrenia enrolled in a Community Intervention Unit and Unit Health Care Custom, corresponding, on the southern shore of the Tejo river. Through this work we focus on promoting the development of skills of these families / caregivers in dealing with their family member through five psychoeducational sessions, in which were discussed the issues related to the needs presented by the elements of the sample. For the evaluation of these sessions the family / caregivers showed that they were more informed about their needs. Now they are more receptive to the transmission of information as a way of learning and, consequently, greater training in caring for their family member. There was also reference to the importance of knowing the reference professionals (social worker), as a means of interconnection between the care providers and family members / caregivers.

Relatório de Trabalho de Projeto apresentado para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de mestre em Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiátrica

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Ramos, Lino
Contributor(s) Capela, Graça Maria Oliveira Lopes
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents