Document details

Uma intervenção psicoeducativa na gestão da sobrecarga do cuidador Informal de pessoa com esquizofrenia

Author(s): Marques, Cristina

Date: 2014

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.26/6269

Origin: Instituto Politécnico de Setúbal

Subject(s): Psicoeducação familiar; Sobrecarga; Cuidadores informais; Esquizofrenia; Metodologia de projeto; Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiatria; Family psychoeducation; Burden; Informal caregivers; Schizophrenia; Design methodology; Nursing mental health


Description

No presente trabalho analisamos os possíveis benefícios, de um projeto de intervenção psicoeducativa, na redução da sobrecarga de cuidadores informais de pessoas em situação de esquizofrenia. Sendo a psicoeducação parte integrante dos cuidados de enfermagem especializada em saúde mental e psiquiatria, tentámos confirmar a hipótese experimental de que os cuidadores informais submetidos a um programa psicoeducativo multifamiliar que inclua o utente e também entrevistas de suporte emocional unifamiliar, apresentam maior redução da sobrecarga de que os cuidadores informais que recebem os cuidados habituais num Espaço Terapêutico e Comunitário de Saúde Mental. Para melhor confirmar ou infirmar esta hipótese, na primeira parte deste relatório, apresentamos um estudo de desenho experimental com pré-teste, pós-teste e grupo de controlo randomizado, numa amostragem de 14 cuidadores informais. Estes foram agrupados aleatoriamente em dois grupos, um experimental (N=7) e outro de controlo (N=7). Ao grupo experimental foi realizado um programa multifamiliar psicoeducativo com participação do utente e entrevistas individualizadas de suporte emocional, durante três meses. Como instrumento de colheita de dados, foi utilizado o QPF de Xavier et al (2002). O instrumento foi aplicado com o consentimento informado dos participantes e autorização formal dos responsáveis do serviço, no início e fim do projeto nos dois grupos. Não encontrámos diferenças de médias, estatisticamente significativas (p > .05) entre os dois grupos de investigação, na sobrecarga. Contudo, verificámos que o grupo experimental teve uma diminuição da sobrecarga 10.57% superior ao grupo de controlo. Os dados suportam a decisão de investir em projetos, desta natureza, naquele contexto específico, porque está associado a benefícios na redução da sobrecarga, superiores a 5%. Na segunda parte do relatório, refletimos sobre as principais competências clínicas e científicas desenvolvidas durante o estágio clinico. Estas competências basearam-se em intervenções terapêuticas realizadas com os utentes e seus cuidadores informais que frequentam o Espaço Terapêutico Comunitário. Foi possível desenvolver habilidades no domínio da relação de ajuda existencialista, na psicoeducação familiar, no treino de competências sociais e na metodologia de investigação científica segundo uma abordagem quantitativa.

Abstract: In this paper we analyze the possible benefits of a psychoeducational intervention project, reducing the burden of informal caregivers of people suffering from schizophrenia. Being psychoeducation part of nursing care in specialized mental health and psychiatry, we tried to confirm the experimental hypothesis that informal caregivers undergo a multifamily psychoeducational program that includes user interviews of single-family emotional support, have a higher reduction of overhead that informal caregivers receiving usual care in a Therapeutic Area Community and Mental Health. To better confirm or refute this hypothesis, we used a study of experimental design with pretest and posttest randomized control group, a sample of 14 caregivers. They were grouped randomly into two groups, one experimental group (N = 7) and a control (N = 7). In the experimental group was held multifamily psychoeducational program with participation of the user individualized interviews and emotional support for three months. As an instrument of data collection was used the QPF Xavier et al (2002). It was administered with the informed consent of participants and formal authorization of the responsible service, at the beginning and end of the project in both groups. We did not find differences in means, statistically significant (p> .05) between the two research groups, the overload. However, we have found that the experimental group had a decreased burden 10:57% higher than the control group. The data support the decision to invest in projects of this nature, in that specific context because it is associated with benefits in reducing overhead, greater than 5%. In the second part of the report, we reflect on key clinical and scientific skills developed during the clinical stage. These competencies were based on therapeutic interventions with patients and their informal caregivers attending the Therapeutic Area Community. It was possible to develop skills in the field of helping relationship existentialist in family psychoeducation, training in social skills and methodology of scientific research according to a quantitative approach.

Relatório de Trabalho de projeto de Mestrado em Enfermagem para o cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de mestre em Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiátrica, realizado sobre a orientação do Professor Joaquim Lopes

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Lopes, Joaquim
Contributor(s) Marques, Cristina
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents