Document details

Intervenções de Enfermagem na Reabilitação Psicossocial da Pessoa com Doença Mental Grave.

Author(s): Martins, Vânia Lúcia Domingues

Date: 2013

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.26/6270

Origin: Instituto Politécnico de Setúbal

Subject(s): Reabilitação Psicossocial; Esquizofrenia; Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiatria; Metodologia de Projeto; Psycho-social rehabilitation; Schizophrenia; Mental and Psychiatric Nursing; Project Methodology


Description

O internamento não programado na pessoa com diagnóstico médico de esquizofrenia é hoje objeto de atenção por parte do Alto Comissariado da Saúde e consta no Plano Nacional de Saúde Mental 2011-2016 como parte de um conjunto de indicadores de qualidade. As intervenções desenvolvidas nesta área poderão ser passíveis de apresentar ganhos em saúde para a pessoa com doença mental grave. Estudos revelam que as intervenções psicossociais podem ter um papel determinante ao nível dos fatores relacionados com a recaída na esquizofrenia, pelo que anunciam uma necessidade crescente de se desenvolverem intervenções comunitárias na área da reabilitação psicossocial que envolvam a reintegração familiar e socioprofissional, o grau de autonomia e a melhoria da qualidade de vida. A reabilitação psicossocial apresenta-se assim como uma área de atuação emergente nos cuidados especializados em Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiátrica. Deve constituir-se enquanto um processo contínuo e por isso, deve ser integrado em projetos de reabilitação individualizados que resultem da conjugação de diversas técnicas terapêuticas que atuem de forma combinada enquanto grupo de intervenções específicas. A metodologia utilizada neste trabalho foi a metodologia de projeto. Foi efetuado o diagnóstico das necessidades de intervenção ao nível da reabilitação psicossocial da pessoa com diagnóstico médico de esquizofrenia através do recurso ao Inquérito de Avaliação de Necessidades Camberwell (CAN-R2.0) – versão adaptada e parcialmente validada para a população Portuguesa. As áreas de intervenção identificadas, sensíveis aos cuidados de enfermagem foram as “Necessidades em termos de serviços”, em particular as necessidades ao nível da “Informação acerca da doença e tratamento”. Foram planeadas intervenções de enfermagem, com recurso à implementação do modelo de “Gestão de Cuidados Integrados na Recuperação da Pessoa com Doença Mental Grave” (CIR). A avaliação deste trabalho contemplou o primeiro módulo do projeto “GARE” e permitiu concluir que as intervenções realizadas tiveram sucesso ao nível dos seguintes objetivos: “Ajudar a pessoa a estabelecer objetivos pessoalmente significativos nos quais se empenhe, 5 no sentido da recuperação” e “promover educação sobre doença mental em particular a esquizofrenia e estratégias de tratamento”.

Abstract: The un-programmed hospitalisation of a person clinically diagnosed with schizophrenia is now being looked at by the Portuguese High Commissioner for Health and is already included in the 2011-2016 National Mental Health Plan, as part of a series of quality indicators. The interventions carried out in this area may bring gains to the person with a serious mental disorder. Studies show that psycho-social interventions may play a determining role regarding the factors related to relapses in schizophrenia, and so there is a growing need to develop community intervention in the area of psycho-social rehabilitation, involving family and socio-professional re-integration, the degree of autonomy and an improvement in the quality of life. Psycho-social rehabilitation is, therefore, an emerging area of activity in specialised Mental and Psychiatric Nursing. It must be an ongoing process and, as such, must be included in individualised rehabilitation projects, resulting from the combination of a variety of therapeutic techniques, which act together as a group of specific interventions. The methodology used in this work was the project methodology. A diagnosis was made of the intervention needs regarding the psycho-social rehabilitation of the person diagnosed with schizophrenia, by using the Camberwell Assessment of Need (CAN-R2.0) – an adapted version, partially validated for the Portuguese population. The identified areas of intervention susceptible to nursing care were the “Needs in terms of service”, in particular the needs regarding “Information about the disease and its treatment”. Nursing interventions were planned, by implementing the model “Integrated Care Management for the Recovery of the Patient with a Serious Mental Disorder” (CIR). When assessing this work the first module of the “GARE” project was considered which gave rise to the conclusion that the interventions carried out were successful with regard to the following objectives: “to help the person to establish personally significant objectives, to which he or she is committed, in order to recover” and “to promote education about mental health, especially schizophrenia and treatment strategies”.

Relatório do Trabalho de Projeto apresentado para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiátrica

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Ramos, Lino
Contributor(s) Martins, Vânia Lúcia Domingues
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents