Document details

O Dispositivo de Apoio Financeiro do Exército português:Estrutura Organizacional, Fluxos de Informação e Gestão Estratégica

Author(s): Moreno, Edmira

Date: 2012

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.26/6846

Origin: Academia Militar

Subject(s): Exército; Estrutura; Gestão; Sistema; Procedimentos


Description

Este trabalho intitulado “O Dispositivo de apoio Financeiro do Exército Português: Estrutura Organizacional, Fluxos de Informação e Gestão estratégica”, tem como objetivo compreender o seu funcionamento. Com esta investigação pretende-se perceber como é que os fluxos de informação perpassam nos diferentes níveis e verificar se a estrutura adotada é a mais adequada para que o Exército cumpra a sua missão. No que concerne a metodologia, teve-se em consideração as fases e etapas de processo de investigação proposta pela Marie-Fabienne Fortin. Para a recolha de informação foram utilizados como instr umentos a pesquisa bibliográfica, a análise documental, as observações e as entrevistas. Este trabalho de investigação encontra-se dividido em cinco capítulos. No primeiro é feito um enquadramento teórico para a compreensão do âmbito de estudo. O segundo descreve os métodos e os procedimentos que foram utilizados no decorrer desta investigação. No terceiro é efetuado a análise do sistema de administração financeira do Exército e os fluxos de informação. No quarto, são apresentados e analisados os resultadosobtidos na colheita de dados e por fim, o capítulo quinto onde é redigida as conclusões. Conclui-se que o dispositivo de apoio financeiro português está estruturado em Direção de Finanças, Centros de Finanças e Secções Logísticas das unidades do Exército, sendo os Centros de Finanças o elo de ligação entre a Direção de Finanças e as Secções Logísticas. O sistema integrado de gestão gere a informação entre os diferentes níveis. A forma como o dispositivo de apoio financeiro se encontra estruturada não é a mais adequada, uma vez que existe um nível intermédio, cuja estrutura e missão mantem-se já há alguns anos e se encontra desajustado às novas realidades do sistema financeiro do Exército. O facto de ainda não terem sido aprovados os novos regulamentos dos Centros de Finanças está a contribuir para que os referidos centros se tornem desnecessários. Com a implementação da tesouraria única, há um conjunto de informação que flui diretamente das unidades para a Direção de Finanças.

Abstract This work is entitled “The Financial Support Device of the Portuguese Army: Organizational Structure, Information Flows and Strategic Management”, and it aims to understand its way of operation. This research seeks to understand how the information flows across the different levels and to verify if the structure adopted is the most appropriate for the Army to fulfill its mission. Regarding the methodology, the phases and stages of the research process pro posed by Marie-Fabienne Fortin were taken into account. For data collection, instruments such as literature research, document analysis, observations and interviews were used. This research is divided into five chapters. In the first one a theoretical understanding of the scope of the study is made. The second chapter describes the methods and procedures that were used during this investigation. In the third chapter an analysis about the Army’s financial management system and the information’s flows is presented. In the fourth chapter, the results obtained in the data collection are presented and analyzed, and finally, the fifth chapter is where the conclusions are made. It is concluded that the Portuguese financial support device is structured in the Finance Directorates, Finance Centres, and Logistic Sectors of the units, and that the Finance Centres are the link between the Finance Directorates and the Logistic Sectors. The integrated management system is used to manage the information across the different levels. The financial support device is not structured properly, since the structure and mission of the intermediate level has been the same in years, and they do not apply to the new realities of the Army’s financial system. The fact that the new regulat ions of the Finance Centres have not been approved yet is contributing to make these Centres unnecessary. With the implementation of the single treasury there is a set of information that flows directly from the Army Units to the Finance Directorates.

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Contributor(s) Moreno, Edmira
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents