Document details

Percurso para a avaliação da qualidade em unidades de internamento : resposta para a reabilitação

Author(s): Gomes, José Augusto

Date: 2011

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.26/9096

Origin: Escola Superior de Enfermagem do Porto

Subject(s): Reabilitação; Avaliação da qualidade; Enfermagem


Description

A Avaliação da qualidade tem vindo a ser uma preocupação crescente dos serviços de saúde, que ao longo dos últimos anos vem transferindo alguns modelos e métodos de avaliação da qualidade da indústria para a saúde. Esta sensibilização é visível nas competências do enfermeiro especialista (Regulamento nº 122/2011), onde assume entre outras competências comuns a melhoria contínua da qualidade dos cuidados. A enfermagem de reabilitação, sendo uma área da enfermagem que exige conhecimentos específicos, a nível técnico e conceptual, necessita de instrumentos de avaliação da qualidade, pelo que nos questionámos: “Que aspectos são necessários integrar para avaliar a qualidade dos cuidados de enfermagem de reabilitação em unidades de internamento de medicina?” Com este estudo, para além do interesse em desenvolver conhecimentos conceptuais na área da gestão da qualidade em saúde, pretendeu-se efectuar um percurso para identificar factores que contribuam para a qualidade dos cuidados de enfermagem de reabilitação em unidades de internamento, identificar instrumentos utilizados na avaliação da qualidade e conceber um caminho para a criação de um instrumento de avaliação para a prática de cuidados de enfermagem de reabilitação. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, realizada nos serviços de medicina de um hospital do norte do país, através de entrevistas semi-estruturadas, a 12 enfermeiros especialistas em enfermagem de reabilitação, durante o mês de Fevereiro de 2011. Os resultados que emergem das narrativas dos participantes traduzem-se por um conjunto de atributos que ilustram o modelo proposto por Donabedian, baseado em três componentes do cuidado em saúde: Estrutura, Processo e Resultado, a par com o conhecido ciclo de melhoria contínua proposto por Deming. Após a análise do conteúdo das narrativas, segundo o modelo de Bardin (2004), os resultados que emergem, das narrativas dos participantes organizam-se em 12 áreas temáticas, com 35 categorias e 138 subcategorias. Face á Estrutura emergem 5 temas com 14 categorias, no tema Processo emergem 4 temas com 16 categorias e nos Resultados emergem 3 temas com 5 categorias. Neste percurso, foi sentido ao longo das entrevistas, a necessidade de uma cultura de qualidade, o que reforça a necessidade de formação e envolvimento dos profissionais numa política de melhoria contínua da qualidade. Da análise do conteúdo das entrevistas dos participantes aflorou um conjunto de elementos considerados fundamentais para a qualidade da Enfermagem de Reabilitação e que foram indispensáveis para desenhar um instrumento de Avaliação da Qualidade da Enfermagem de Reabilitação em Unidades de Internamento (IAQERUI).

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Contributor(s) Gomes, José Augusto
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents