Document details

Preparação para o parto : expectativas/vivências de um grupo de mulheres

Author(s): Neves, Isabel da Conceição

Date: 2012

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.26/9381

Origin: Escola Superior de Enfermagem do Porto

Subject(s): Trabalho de parto; Preparação para o parto


Description

A gravidez e o parto constituem um período na vida da mulher/casal, caracterizado por complexas alterações a nível físico, psico-emocional e social, que variam de pessoa para pessoa e de casal para casal, de acordo com uma diversidade de fatores de carácter social, familiar, psicológicos, culturais e outros, que requerem capacidade de adaptação e implicam necessidade de apoio por parte da equipa de saúde, constituindo por isso um momento crucial em termos de necessidades de educação para a saúde. Desta forma, torna-se necessário informar e educar para uma mudança de paradigma em que o casal seja o principal protagonista da experiência de parto, realizando escolhas cada vez mais conscientes. Assim, a adequada preparação pré-natal, tanto teórica como prática, proporciona uma série de recursos à mulher grávida e ao casal que, quando chega ao momento do trabalho de parto e parto lhes permite controlar os complexos fatores de natureza psicológica/emocional, social, cultural e biológica que influenciam todo este processo. Com esta investigação pretendemos atingir os seguintes objetivos: compreender as vivências/expectativas das mulheres no processo de nascimento e identificar o contributo da preparação para o parto na satisfação com o trabalho de parto e nascimento. Para a realização deste estudo optámos por uma pesquisa de natureza qualitativa do tipo exploratório, sendo a amostragem selecionada por conveniência e constituída por dez mulheres que experienciaram a vivência do trabalho de parto e parto, após terem assistido a sessões de preparação para o parto durante o período pré-natal. A recolha de dados foi obtida por entrevista semi-estruturada. Estas foram submetidas à análise de conteúdo, tendo subjacente os princípios propostos por Laurence Bardin (2009). Da análise dos dados emergiram duas dimensões: preparação para o parto e preparação para a parentalidade, onde se destacaram 12 cinco categorias: trabalho de parto, estratégias no alívio da dor, expectativas sobre trabalho de parto, vivências e papel parental. Os resultados deste estudo, tendo subjacente a teoria dos saberes de Gérard Malglaive (1995), permitiram compreender o modo como estas mulheres mobilizaram os seus saberes, de forma a vivenciarem o trabalho de parto e parto. As mulheres souberam aplicar o que aprenderam nas aulas de preparação para o parto e parentalidade, tornando-se protagonistas no processo de nascimento. Os pais demonstraram que mobilizaram saberes e aquisição de habilidades, na medida em que lhes permitiu fazer face a situações novas, enaltecendo os processos formativos durante o período pré-natal, como tendo sido momentos fundamentais na aquisição de saberes e competências.

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Contributor(s) Neves, Isabel da Conceição
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo