Document details

Olhares sobre o estudo dos alunos: trabalho exploratório no Ensino Secundário

Author(s): Madaleno, António Manuel Cerdeira

Date: 2013

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.13/334

Origin: DigitUMa - Repositório da Universidade da Madeira

Subject(s): Estudo dos alunos; Opiniões; Sessões (de estudo); Processos de estudo; Procrastinação no estudo; Ensino Secundário; Madeira (Portugal); .; Centro de Artes e Humanidades


Description

Esta dissertação assume a modalidade de investigação e trabalho exploratório do tema estudo dos alunos. A investigação envolve um levantamento de dados, descrição de fenómenos complexos, compreensão de indicadores. Investigamos as opiniões, percepções, concepções, estratégias e práticas de estudo de 39 alunos do ensino secundário. As opiniões dos alunos são analisadas e comparadas com as dos seus professores e encarregados de educação. A motivação é saber como é que um professor do ensino secundário pode ajudar os alunos a estudar. O objectivo geral consiste em perspectivar o estudo em três turmas de alunos. O levantamento dos dados resultou da aplicação de três instrumentos, Questionário sobre os Hábitos de Estudo (QHE) (Madaleno & Beja, 2010), Inventário de Processos de Estudo – Secundário (IPE-S) (Rosário et al, 2008a; Paiva, 2007), Questionário Procrastinação no Estudo (QPE) (Rosário et al, 2008b; Costa, 2008). Quanto às conclusões ou resultados principais, alunos e professores concordam como as seguintes afirmações: os discentes tendem a estudar quando é urgente e importante; o estudo é importante; aqueles que estudam melhoram as competências; é benéfico aprender usando materiais semelhantes aos dos testes; algumas actividades de estudo são agradáveis; estudar nem sempre é desmotivante; resolver testes beneficia a aprendizagem; os professores devem falar com os alunos acerca dos TPCs. Alunos e professores discordaram quanto ao tempo que os discentes ocupam semanalmente a estudar, se as actividades de estudo duram meia hora, se há semanas em que os discentes não estudam, se os alunos seguem uma planificação, se estudam sozinhos, que só lêem os manuais e livros depois de assistirem às aulas, no eventual benefício das sessões de estudo breves ou prolongadas.

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Beja, Maria João Gouveia Pereira
Contributor(s) Madaleno, António Manuel Cerdeira
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents