Document details

Estudo do comportamento do consumidor de alimentos funcionais

Author(s): Marques, Cláudia Ferreira

Date: 2012

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10174/14048

Origin: Repositório Científico da Universidade de Évora

Subject(s): Marketing alimentar; Comportamento do consumidor; Alimentos funcionais; Determinantes de escolha; Food marketing; Consumer behavior; Functional foods; Determinants of food choice


Description

Apesar do interesse do consumidor por alimentos que fornecem benefícios para a saúde e bem-estar continuar a aumentar, a aceitação destes alimentos está longe de ser incondicional e muitos autores revelam a necessidade de mais investigação nesta área. Este estudo pretendeu contribuir para o aumento do conhecimento do consumidor português em relação à compra de alimentos funcionais. Uma amostra não representativa de 127 pessoas respondeu a um questionário online, adaptado do estudo de Menrad e Sparke (2006) aplicado a quatro países europeus. Apesar da maioria dos participantes não estar familiarizada com o conceito de alimento funcional, apenas uma pequena percentagem admitiu nunca ter adquirido estes produtos. A saúde foi o motivo de compra mais importante e, ao contrário do esperado, o preço e o sabor não foram determinantes relevantes para a aquisição destes alimentos. Em relação às fontes de informação, a comunicação das marcas, a publicidade e a embalagem, foram as mais mencionadas. No entanto, as informações prestadas pela indústria foram avaliadas como pouco confiáveis; ABSTRACT: Despite the interest of consumers for foods that provide health and welfare benefits continuing to increase, acceptance of these foods is far from being unconditional; and many authors highlight the need for more research in this field. The aim of this study is to amplify the knowledge of Portuguese consumers in what concerns the purchase of functional foods. A non-representative sample of 127 people replied to an online questionnaire, adapted from the study conducted by Menrad e Sparke (2006) in four European countries. Although most participants were not familiar with the concept of functional food, only a small percentage admitted never having purchased them. Health was the most important determinant for purchase and, contrary to expectations, price and taste were not relevant in determining the acquisition of these foods. Regarding sources of information, brand communication, advertising and packaging, were the most mentioned. However, the information provided by the food industry was assessed as unreliable.

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Contributor(s) Lucas, Maria Raquel
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents