Document details

Avaliação dos efeitos das estradas nos morcegos: a importância da paisagem, das características das estradas e da actividade nos atropelamentos

Author(s): Medinas, Denis Ricardo Isidro

Date: 2013

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10174/15022

Origin: Repositório Científico da Universidade de Évora

Subject(s): Morcegos; Mortalidade por atropelamento; Paisagem mediterrânica; Actividade de morcegos; Partição de variância; Bats; Road kills; Mediterranean landscape; Bat activity; Variance partitioning


Description

Estudos recentes sugerem que as estradas podem ter um impacto significativo nas populações de morcegos. Este é um dos grupos de vertebrados europeus mais ameaçado, porém continua a faltar informação sobre quais os principais factores que determinam este impacto e quais as possíveis medidas de mitigação. Entre Março e Outubro de 2009, foram amostrados diariamente 51 km de três tipos de rodovias. Recolhemos 154 morcegos atropelados, pertencentes a 11 espécies, as mais frequentes foram Pipistrellus kuhlii e P. pygmaeus, representando cerca de 64% da amostra. Foram também recolhidas espécies com estatuto de ameaça ou pouco conhecidas, talcomo, Rhinolophus ferrumequinume Barbastella barbastellusA maioria da mortalidade ocorreu entre o final do Verão e o princípio do Outono. Aactividade dos morcegos foi também monitorizada na área de estudo e encontrou-se uma relação positiva forte entre as áreas com maior actividade e os hotspots de mortalidade de morcegos. As características da paisagem foram o conjunto mais importante na explicação do padrão da mortalidade, tendo sido registado um maior número de atropelamentos em locais onde a estrada atravessa habitats de grande qualidade. Os resultados indicam também que o volume do tráfego e a proximidade aos abrigos contribui para o incrementoda mortalidade. Relativamente à actividade dos morcegos, não encontramos uma clara evidência de que os morcegos evitem a proximidade das estradas; ABSTRACT:Recent studies suggest that roads can significantly impact bat populations. Thought bats are one of the most threatened groups of European vertebrates, studies aiming to quantify bat mortality and determine the main factors driving it are still scarce. Between March and October 2009, we daily surveyed road killed bats in a transect of 51 km including different types of roads, in southern Portugal. Bat activity was also evaluated on roads and their surroundings. We found 154 road-killed bats of 11 species. Pipistrellus kuhlii andP. pygmaeusrepresented 64% of total specimens collected. We also found threatened and poorly known species like Barbastella barbastellusand Rhinolophus ferrumequinum. A peak of mortality occurred mostly in late summer and early autumn. Spatial analysis revealed a strong positive relationship between core activity areas and the bat mortality hotspots. Landscape features were the most important variable set in explaining bat casualties. Nevertheless, bat activity, distance to known roosts and traffic volume also had a significant influenceon it. Concerning activity data, we found no clear evidence of road avoidance by bats.

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Contributor(s) Mira, António Paulo Pereira; Marques, Tiago Sabino Lino
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents