Document details

Viver e Construir a Profissão de Técnico de Radiologia: O Caso dos Técnicos de Radiologia da Região de Lisboa e Vale do Tejo

Author(s): Fernandes, Ana Rosalina Martins

Date: 2005

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10174/15686

Origin: Repositório Científico da Universidade de Évora

Subject(s): Técnico de radiologia; Identidade profissional; Género; Formação contínua; Qualificação; Radiographer; Professional identity; Gender; Continuou formation; Qualification


Description

A presente proposta de dissertação pretende contribuir para um aprofundamento do conhecimento das dinâmicas profissionais dos Técnicos de Radiologia (TR), através do estudo das suas trajetórias de desenvolvimento profissional e dos esquemas estratégicos e estruturantes das configurações ideológicas identitárias que os TR engendram para potenciar a sua formação e desenvolvimento profissional, as suas competências e qualificações, os modos de conciliação da sua vida familiar com a vida profissional. Para a pesquisa realizada, em relação às opções metodológicas, optei por um paradigma qualitativo de características fenomenológicas, onde o método biográfico através das histórias de vidas, foi a técnica privilegiada de recolha de informação seleccionada a fim de se poder perspectivar com profundidade as trajectórias de vida profissional dos TR da região de Lisboa e Vale do Tejo. As trajectórias de vida captadas nos discursos sobre a vivência dos TR demonstram que a profissão de TR é uma profissão resultante de um longo processo histórico de reconfiguração profissional, onde os saberes e as competências ocupam um lugar privilegiado de passagem. Porém, os resultados do estudo revelam igualmente que nos processos de construção identitária veiculam uma certa fronteira social inter profissional, definida pela crescente procura da autonomia em todos os processos de trabalho. No entanto, o desenvolvimento da profissão de TR tem sido marcada durante décadas por uma constelação de constrangimentos e efeitos do género, situação que tem feito veicular no campo de trabalho matrizes de desigualdade de oportunidades de desenvolvimento profissional entre os TR mulheres e os TR homens. *** /Abstract - The present proposal for essay pretends to contribute for a deeper knowledge of the profession dynamics of Radiographers, through the study of its professional development trajectories and its strategic and structuring schemes for ideological configurations of identity that Radiographers engender in order to potential their education and professional development, their competencies and qualifications, their ways of conciliation of their family and professional lives. or the research, regarding the methological options, I chose a qualitative paradigm of phenomenological characteristics, being the biographic methodology of life stories the privileged technique for selected information gathering to be able to put in deep perspective the professional life trajectories of Radiographers of Lisbon and Tejo Valley Region. The life trajectories caught up in the speeches of Radiographers demonstrate that the profession of Radiographer is a profession resulting from a long historical process of professional reconfiguration, where knowledge and competences occupy a privileged passing place. However, the study results also show that in the processes of identity construction there is certain interprofessional social frontier, defined by the growing search of autonomy in all the working processes. Nevertheless, the development of the profession of Radiographer has been marked for decades by a constellation of constraints and gender effects, which has transported in the working field matrices of inequality of opportunities of professional development between male and female Radiographers.

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Contributor(s) Silva, Carlos Alberto da
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents