Document details

Educação inclusiva: da diversidade da criança com deficiência auditiva à inserção no ensino regular

Author(s): Oliveira, Maria de Nazaré Santos de

Date: 2012

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10174/9656

Origin: Repositório Científico da Universidade de Évora

Subject(s): Aprendizagem; Educação inclusiva; Professores; Surdez


Description

O estudo trata da inclusão dos deficientes auditivos, abrangendo da diversidade da criança à inserção no ensino regular, em escola pública de séries iniciais. Os participantes são vinte professores de duas escolas dos primeiros e segundos ciclos do Ensino Fundamental que atuam com crianças surdas. O objetivo deste trabalho é investigar como a política de educação inclusiva e o seu processo de implementação, junto ao aluno com deficiência auditiva, têm sido percebidos e colocados em prática por professores do Ensino Fundamental da Rede Municipal e Estadual de Laranjal do Jarí. Optamos por uma perspectiva qualitativa tendo utilizado um questionário como instrumento para a coleta de dados da pesquisa que serve como fonte para análise. Os dados analisados evidenciam que os professores não tem clareza da necessidade de ouvintes e surdos compartilharem uma língua comum, com ou sem interprete que possa viabilizar a dinâmica da sala de aula; e, no intuito de se fazerem compreender pelos deficientes auditivos, acabam utilizando diversos recursos comunicativos de forma improvisada. No geral tendem a valorizar somente o esforço de comunicação da criança surda, independentemente do domínio de uma língua apresentando baixa expectativa em relação à aprendizagem e letramento desse aluno. Além disso, elaboram suas práticas pedagógicas com base na idéia de que a linguagem é um código que tem como função primordial transmitir informações. Por fim, apontam a falta de envolvimento familiar e o despreparo dos docentes e da escola no processo de inclusão escolar. O quadro teórico constitui uma relevante contribuição á inserção de alunos com deficiência nas escolas de ensino regular. Reconhecendo o direito à diferença na igualdade de direitos ; Inclusive Education: The Social Diversity of Children With hearing disability to move in to the mainstream ### ABSTRACT The study is the inclusion of deaf people, including children's social diversity to inclusion in mainstream education in public school grades. Participants are twenty teachers from two schools of first and second cycle of the Elementary School that work with deaf children. The objective of this study is to investigate how inclusive education policy and its implementation process, with the student with hearing loss have been perceived and practiced by teachers of elementary school of the Municipal and State Laranjal do Jari. We chose a qualitative perspective and has used a questionnaire as a tool for collecting research data that serves as a source for analysis. The analyzed data show that teachers do not need to have clarity of hearing and deaf people share a common language, with or without interpreter that can enable the dynamic of the classroom, and in order to make themselves understood by the deaf, just using different communication resources in an improvised way. In general tend to value only the communication effort of the deaf child, regardless of the domain of a language has a very low expectation of that student learning and literacy. In addition, they develop their teaching practices based on the idea that language is a code that has the primary function of conveying information. Finally, point out the lack of family involvement and the lack of teachers and the school on school inclusion. The theoretical framework provides a significant contribution to insertion of students with disabilities in mainstream schools. Recognizing the right to difference in equality.

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Contributor(s) Grácio, Maria Luísa Fonseca
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo