Document details

REFLEXÕES SOBRE A PESCA PRÉ-COLONIAL NA BAÍA DA BABITONGA, LITORAL NORTE DE SANTA CATARINA, BRASIL

Author(s): Ferreira, Jessica ; Bandeira, Dione da Rocha ; Bartz, Magda Carrion ; Fossile, Thiago ; Mayorka, Felipe

Date: 2019

Origin: Oasisbr

Subject(s): Arqueologia, Patrimônio Cultural; Sambaquis, Taquara-itararé, Pesca pré-histórica, Baía da Babitonga, Pescadores-coletores-caçadores


Description

Evidências relacionadas à pesca entre populações sambaquianas e da cultura taquara-itararé na Baía da Babitonga são muito antigas, pode-se dizer que desde a sua primeira publicação, no século XIX, há menção aos vestígios relacionados à esta prática, já que estes sítios são constituídos majoritariamente por restos de animais obtidos por técnicas de pesca. Somente a partir dos anos de 1990 estudos sistemáticos voltados para os restos faunísticos e com base na Zooarqueologia começam a ser feitos, permitindo avançar no aspecto qualitativo e quantitativos. Estes estudos permitiram conhecer melhor o papel do peixe em relação aos outros recursos marinhos, as preferências entre as espécies capturadas, as inferências sobre os ambientes frequentados e os petrechos utilizados e as relações de práticas pesqueiras entre estas diferentes culturas. Pode-se dizer que foi este viés que dominou os estudos até recentemente quando pesquisa com foco em populações atuais de pescadores artesanais foi desenvolvida tendo em vista compreender melhor as práticas antigas assim como contribuir nas ações de conservação da fauna marinha. Em suma, o presente estudo traz uma síntese sobre os dados disponíveis sobre a pesca na pré-história da Baía da Babitonga afim de obter subsídios para a brilhante iniciativa de criação de uma rede colaborativa de estudos sobre o tema. Abstract: Evidence related to fishing between sambaquian populations and taquara-itararé culture in Babitonga Bay is very old, it can be said that since its first publication in the nineteenth century, there is mention of the traces related to this practice, since these sites are consisting mainly of animal remains obtained by fishing techniques. Only from the 1990s onwards, systematic studies focusing on faunal remains and based on zooarcheology began to be made, allowing the qualitative and quantitative progress to be made. These studies made it possible to better understand the role of fish in relation to other marine resources, the preferences between the species caught, the inferences about the environments frequented and the equipment used as well as the relationships of fishing practices between these different cultures. It can be said that it was this bias that can contribute to the brilliant initiative of creating a collaborative network of studies on the subject as well as to base conservation studies on the marine fauna of Babitonga Bay.

Document Type Journal article
Language Portuguese
Contributor(s) Universidade da Região de Joinville
CC Licence
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents