Document details

Valores culturais, orientações políticas e classes sociais : consequências nos valores de trabalho

Author(s): Araújo, João Eduardo Luso Soares de Borja

Date: 2012

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10437/3619

Origin: ReCiL - Repositório Científico Lusófona

Subject(s): PSICOLOGIA; VALORES SOCIAIS; VALORES MORAIS; CLASSES SOCIAIS; RELIGIÃO; POLÍTICA; PSYCHOLOGY; MORAL VALUES; SOCIAL VALUES; SOCIAL CLASSES; RELIGION; POLITICS; MESTRADO EM PSICOLOGIA DO TRABALHO EM CONTEXTOS INTERNACIONAIS E INTERCULTURAIS


Description

Aborda-se a temática das estruturas de valores e consequente impacto nas atitudes e comportamentos na sociedade em geral e no trabalho em particular. Uma amostra diversificada de 157 participantes, recrutada em diferentes meios sociais, variando assim em termos etários, de qualificações académicas, de classe social e de simpatia partidária, respondeu a um questionário sobre valores, valores de trabalho e orientações políticas. Primeiro, verificámos que as orientações político-ideológicas são estruturadas em duas dimensões correlacionadas mas independentes: a esquerda-direita e o autoritarismo-liberdade. Também verificámos que diferentes dimensões supraordenadas de valores do modelo de valores universais de Schwartz estruturam os valores de trabalho e as orientações político-ideológicas, com impactos específicos sobre as funções laborais desejáveis e as preferências socioeconómico-culturais. Finalmente, os efeitos das dimensões de classe social (detenção de capital e qualificação académica) sobre as orientações político-ideológicas sugerem que as dimensões direita-esquerda e autoritarismo-liberdade, apesar de estarem correlacionadas, têm motivações e origens sociológicas diferentes.

This thesis addresses the issue of values and their impact on attitudes and behavior in society in general and at work in particular. A diverse sample of 157 participants, recruited from different social milieus and varying in terms of age, academic qualification, social class and political party sympathy, responded to a questionnaire on social and work values and political orientation. First, we found that political-ideological orientations are structured in two correlated but independent dimensions: right vs. left wing and authority vs. freedom. We also found that different superordinate value dimensions of the Schwartz’s universal values model structure work values and political-ideological orientations, impacting specific desirable work functions and socio-economical-cultural preferences. Finally, effects of social class dimensions (capital and education) suggest that the right-left wing and authoritarianism-freedom dimensions, despite being correlated, have different motivations and sociological origins.

Orientação : Rodrigo Brito

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Contributor(s) Brito, Rodrigo, orient.
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents