Document details

Metodologia de treino de pilotos de motociclismo: relatório de caso na modalidade de Enduro

Author(s): Mesquita, José António Pires

Date: 2016

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10437/6868

Origin: ReCiL - Repositório Científico Lusófona

Subject(s): MESTRADO EM TREINO DESPORTIVO; EDUCAÇÃO FÍSICA; PHYSICAL EDUCATION; DESPORTO; SPORT; TREINO DESPORTIVO; RESISTÊNCIA FÍSICA; ENDURANCE


Description

Este relatório apresenta o percurso que cumprimos durante o estágio final do Mestrado em Treino Desportivo. Nele constam os passos desse percurso desde a fundamentação teórica da escolha metodológica do treino até à aplicação prática desta metodologia e à avaliação dos seus resultados no desempenho de um piloto de Enduro. Na definição do plano de treino foram tidas em conta as premissas e os conceitos que sustentam a teoria do treino desde os seus fundamentos mais conhecidos. O plano de treino aplicado foi estruturado nas três fases conhecidas – preparação, competição e transição – e desenvolveu-se em 44 microciclos de treino centrados na potenciação de quatro habilidades biomotoras: a resistência, a força, a flexibilidade e a velocidade (com pendor especial das três primeiras, por caracterizarem as condições específicas da modalidade desportiva do Enduro). As unidades de treino distribuíram-se por um macrociclo anual formado por três mesociclos ajustados às fases do plano referidas acima. No final da temporada de competição, o piloto sagrou-se campeão nacional da classe Elite II e venceu o troféu absoluto. Estes resultados, não podendo ser comprovadamente consequências da aplicação do plano de treino, não deixam de se revelar como efeitos positivos desta mesma aplicação, ainda que se possa entender esta revelação como uma manifestação, mesmo que ténue, de efeitos importantes do treino, como o efeito cumulativo ou o efeito “atrasado” a que Tudor Bompa (2009) alude. No final, fica a impressão de que a aplicação do plano de treino teve consequências positivas no desempenho do piloto, podendo entender-se, portanto, que ele contribuiu para aperfeiçoar as suas capacidades adaptativas.

This report presents the path we meet during the final stage of the Master in Sports Training. It comprises the steps formulated in the theoretical foundations of training since its methodological choices to its practical application of this methodology and the evaluation of its results on an Enduro rider’s performance. In the definition of the applied training plan we’ve pay attention to the assumptions and the concepts that underpin the training theory from its best-known foundations. The applied training plan was structured in the three known phases – preparation, competition and transition – and it was developed into 44 training microcycles focused on leveraging four biomotor abilities: endurance, strength, flexibility and speed (with special focus in the first three, as they characterize the specific conditions of the Enduro sport). The training units were distributed by an annual macrocycle formed by mesocycles adjusted to those phases. At the end of the competition season, the rider has won the national championship of Elite II class and won the trophy of absolute. Though these results can not be proven consequences of the implementation of the training plan, they nevertheless prove as positive effects of this same application, even if one understands this revelation as a manifestation, even if tenuous, of important training effects such as the cumulative effect or the "latter" effect to which Tudor Bompa (2009) alludes. In the end, we have the impression that the application of the training plan had a positive effect on rider’s performance, which therefore can be understood that it had contributed to improve his adaptive abilities.

Orientação : Jorge Proença

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Contributor(s) Proença, Jorge, orient.
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents