Document details

Vinculação, ansiedade social e crenças sociais nos jovens adultos

Author(s): Marçal, Joana Filipa de Jesus Marçal

Date: 2016

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10437/7963

Origin: ReCiL - Repositório Científico Lusófona

Subject(s): MESTRADO EM PSICOLOGIA CLÍNICA E DA SAÚDE; PSICOLOGIA; VINCULAÇÃO; ANSIEDADE SOCIAL; CRENÇAS; TESTES PSICOLÓGICOS; EAESDIS; QVPM; EPCS; PSYCHOLOGY; ATTACHMENT; SOCIAL ANXIETY; BELIEFS; PSYCHOLOGICAL TESTS


Description

O presente estudo teve como objetivo verificar de que forma os estilos de vinculação aos pais e as crenças sociais poderão estar relacionadas com um nível mais baixo ou mais elevado de ansiedade social nos jovens adultos. Foi utilizada uma amostra de 219 jovens adultos, com uma média de idades de 24,8. O protocolo de avaliação foi composto por um questionário sociodemográfico e as seguintes medidas: Questionário de Vinculação ao Pai e à Mãe – QVPM (Matos e Costa, 2001); Escala de Ansiedade e Evitamento em Situações de Desempenho e Interação Social (Pinto Gouveia, Cunha & Salvador, 1997) e a Escala de Pensamentos e Crenças Sociais (validada por Vagos, Pereira & Beidel, 2010). Os resultados indicaram que os indivíduos com estilos de vinculação denominados por “Inibição da Exploração e Individualidade” e “Ansiedade de Separação” apresentavam valores mais elevados ao nível da ansiedade social e dos pensamentos crenças sociais. Os indivíduos com estilo de vinculação designado por “Qualidade do Laço Emocional” apresentavam um nível mais baixo em relação à ansiedade social assim como aos pensamentos e crenças sociais.

This study aimed to verify how the binding styles to parents and social beliefs may be related to a lower or higher level of social anxiety in young adults. A sample of 219 young adulsts was used. The assessment protocol consisted of a sociodemographic questionnaire and the following measures: Attachment Questionnaire to the Father and Mother - QVPM (Matos & Costa, 2001); Anxiety Scale and Avoidance of Performence situations and Social Interaction (Pinto Gouveia, Cunha & Salvador, 1997) and the Scale of Social Thoughts and Beliefs (validated by Vagos, Pereira & Beidel, 2010). The results indicated that individuals with binding styles called for "Inhibition of Exploration and Individuality" and "Separation Anxiety" had higher values at the level of social anxiety and social thoughts and beliefs. Individuals with attachment style called "Quality of Emotional Tie" had a lower level in relation to social anxiety as well as the social thoughts and beliefs.

Orientação: Joana Brites Rosa

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Contributor(s) Rosa, Joana Brites, orient.
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents