Document details

Vitimação e funcionamento psicológico na adolescência: o papel moderador do sexo

Author(s): Marques, Ana Isabel Jorge

Date: 2017

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10437/8526

Origin: ReCiL - Repositório Científico Lusófona

Subject(s): MESTRADO EM PSICOLOGIA CLÍNICA E DA SAÚDE; PSICOLOGIA; PSICOLOGIA CLÍNICA; VITIMAÇÃO; SINTOMATOLOGIA; BEM-ESTAR PSICOLÓGICO; SEXO; ADOLESCÊNCIA; PSYCHOLOGY; CLINICAL PSYCHOLOGY; VICTIMISATION; SYMPTOMATOLOGY; PSYCHOLOGICAL WELL-BEING; SEX; ADOLESCENCE


Description

A vitimação entre-pares é um fenómeno muito presente no contexto e vidas dos adolescentes com potenciais implicações ao nível do seu funcionamento e ajustamento psicológico. Assumindo uma perspetiva lata e multidimensional de violência e de saúde mental, o presente estudo teve como principal objetivo testar o papel moderador do sexo na relação entre experiências de vitimação (último ano) e o funcionamento psicológico atual, aqui conceptualizado em termos de sintomatologia psicopatológica (internalização e externalização) e bem-estar psicológico. A amostra foi constituída por 116 adolescentes, de ambos os sexos com idades compreendidas entre os 10 e os 18 anos. Os resultados evidenciaram a relação entre experiências de vitimação e funcionamento psicológico dos adolescentes e permitiram comprovar que o sexo constituiu um moderador de tal relação (se, para adolescentes do sexo feminino, níveis mais elevados de violência física e sexual estavam associados a níveis mais elevados de ansiedade, níveis mais elevados de depressão e níveis mais baixos de bem-estar, para adolescentes do sexo masculino observou-se o contrário). Os resultados obtidos fornecem importantes implicações para a prática, quer ao nível de prevenção de problemas de saúde mental entre adolescentes, quer ao nível da promoção de um funcionamento ótimo com vítimas nesta fase desenvolvimental.

The victimization between peers is a phenomenon very present in the context and lives of adolescents, with potential implications at the level of their psychological functioning and adjustment. Assuming a broadly and multidimensional perspective of violence and mental health, the present study had as main objective to test the moderating role of sex in the relation between experiences of victimization (last year) and the current psychological functioning, here conceptualized in terms of psychopathological symptomatology (internalization and externalization) and psychological well-being. The sample was constituted by 116 adolescents of both genders with ages between 10 and 18 years old. The results have evidenced the relation between experiences of victimization and psychological functioning of teenagers and demonstrated that gender was a moderador in that relation (for female adolescents higher levels of physical and sexual violence were associated with higher levels of anxiety, higher levels of depression and lower levels of well-being; for male adolescents the opposite was found). The results obtained provide important implications for the practice, at the level of prevention of mental health problems between adolescents and at promoting optimal functioning with victims at this developmental stage.

Orientação: Célia Ferreira

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Contributor(s) Ferreira, Célia, orient.
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents