Document details

Validação da Fatigue Assessment Scale para a população portuguesa

Author(s): Alves, Bárbara Azevedo

Date: 2017

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10437/8629

Origin: ReCiL - Repositório Científico Lusófona

Subject(s): MESTRADO EM PSICOLOGIA CLÍNICA E DA SAÚDE; PSICOLOGIA; PSICOMETRIA; VALIDAÇÃO DE TESTES PSICOLÓGICOS; TESTES PSICOLÓGICOS; FAS; EPDS; EUROHIS-QOL-8; PSYCHOLOGY; PSYCHOMETRICS; VALIDATION OF PSYCHOLOGICAL TESTS; PSYCHOLOGICAL TESTS


Description

A fadiga compreende uma sensação subjetiva de cansaço com componentes comportamentais, emocionais e cognitivos. O objetivo do presente estudo foi realizar a tradução, adaptação cultural e validação da Fatigue Assessment Scale (FAS) para a língua portuguesa, bem como verificar as suas propriedades psicométricas (fiabilidade e validade), para que a mesma possa ser usada como um instrumento específico para avaliação da fadiga em adultos com filhos até aos 24 meses. Neste estudo, foram recrutados 182 participantes, de ambos os sexos. O protocolo de avaliação incluiu uma ficha de dados sociodemográficos dos pais e da criança, assim como uma ficha de dados clínicos. Os instrumentos utilizados no protocolo foram a Escala de Depressão Pós-Parto de Edimburgo (EPDS) e EUROHIS-QOL-8 juntamente com a FAS. O valor global de alfa de Cronbach foi de 0,87 para um total de 10 itens. A estrutura da escala apresentou um fator. A validade convergente foi demonstrada por uma correlação negativa significativa (r = -.53) com a qualidade de vida e a validade divergente por uma correlação positiva significativa (r = .56) com a depressão. As qualidades psicométricas da escala, consideradas aceitáveis, apontam para um instrumento com potencial para a investigação em Portugal.

Fatigue comprises a subjective feeling of tiredness with behavioral, emotional and cognitive components. The aim of this study was the translation, cultural adaptation and validation of the Fatigue Assessment Scale (FAS) into Portuguese. We also aimed to verify its psychometric properties (reliability and validity), so that it can be used as a specific instrument for assessing fatigue in adults with children up to 24 months. In this study, 182 participants were recruited, of both genders. The evaluation protocol included a socio-demographic data sheet for parents and the child, as well as a clinical data sheet. The instruments used in the protocol were the Edinburgh Postnatal Depression Scale (EPDS) and the EUROHIS-QOL-8 along with the FAS. The overall Cronbach’s alpha was 0.87 for a total of 10 items. The factorial structure of the scale comprised one factor. Convergent validity was shown through a significant negative correlation (r = -.53) with quality of life and divergent validity through a significant positive correlation (r = .56) with depression. The psychometric qualities of the scale, considered to be acceptable, point to an instrument with potential for use in research in Portugal.

Orientação: Bárbara Nazaré

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Contributor(s) Nazaré, Bárbara, orient.
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents