Document details

Leishmaniose canina

Author(s): Fernandes, Micaela Roque

Date: 2018

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10437/8764

Origin: ReCiL - Repositório Científico Lusófona

Subject(s): MESTRADO INTEGRADO EM MEDICINA VETERINÁRIA; VETERINÁRIA; MEDICINA VETERINÁRIA; CANÍDEOS; CÃES; LEISHMANIOSE; ZOONOSES; VETERINARY MEDICINE; CANIDS; DOGS; LEISHMANIASIS; ZOONOSES


Description

Orientação: Eduardo Marcelino

A leishmaniose canina (LCan), é uma zoonose causada pelo protozoário Leishmania infantum e transmitida por um insecto flebótomo (P. perniciosus e P.ariasi), sendo os canídeos os principais hospedeiros reservatório. O objetivo deste estudo foi caracterizar canídeos com LCan da região de Torres Vedras, em relação ao sexo, idade, raça, estilo de vida e profilaxia, com os dados clínicos do HVMSI, recolhidos durante 1 de Setembro de 2016 e 1 de Março de 2017. Foram também recolhidas informações acerca dos sinais clínicos, alterações laboratoriais, métodos de diagnóstico, quantificação da razão da amostra no momento do diagnóstico e do controlo, tipo de tratamento implementado e mortalidade dos animais afetados. Os animais afetados corresponderam maioritariamente a indivíduos do sexo masculino (60%), de médio a grande porte (90%), predominantemente de exterior (90%). O seu diagnóstico foi realizado na maioria entre os 4 e os 8 anos de idade (75%), apresentando os animais na altura manifestações clínicas inespecíficas, das quais se destacavam os sinais dermatológicos (75%). Os meios de diagnóstico utilizados foram o Speed Leish K e a serologia ELISA Leiscan . Conclui-se que é fundamental a sua prevenção, através da sensibilização dos proprietários, realizada pelos Médicos Veterinários.

Canine leishmaniasis (LCan) is a zoonosis caused by the protozoan Leishmania infantum and transmitted by a insect phlebotomine (P. perniciosus and P.ariasi), the canine being the main reservoir host. The objective of this study was to characterize canines with LCan in region of Torres Vedras in relation to sex, age, race, lifestyle and prophylaxis, with the clinical data of HVMSI, collected during 1 de Setembro de 2016 e 1 de Março de 2017. Information on clinical signs, laboratory abnormalities, diagnostic methods, sample ratio quantification of diagnosis and control, type of treatment implemented and mortality of affected animals were also collected. The affected animals corresponded mainly to male (60%), medium to large (90%), predominantly from outdoor (90%). The diagnosis was made mostly between 4 and 8 years old (75%), with the animals presenting at the time non-specific clinical manifestations, of which the dermatological signs (75%) were outstanding. The diagnostic medium used was the Speed Leish K and ELISA Leiscan serology test. It is concluded that its prevention is fundamental, through the awareness of the owners, carried out by the Veterinary Doctors.

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Contributor(s) Marcelino, Eduardo, orient.
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents