Document details

Structural Change and Economic Growth. A Longitudinal and Cross-Country Study

Author(s): Silva, Ester Maria Reis Gomes

Date: 2011

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10216/10768

Origin: Repositório Aberto da Universidade do Porto

Subject(s): ECONOMIA; Porto


Description

The main purpose of the present study is to contribute for a deeper understanding of the growth process of the Portuguese economy over the last three decades, by explicitly taking into account the relationship between changes occurring at the industry level of the economy and overall macroeconomic changes. Although a few studies have already addressed the matter for the Portuguese case, a number of important issues relating structural transformation, technology and economic growth remained unexplored, and it is our purpose to fill this gap by considering the neo-Schumpeterian stream of research as the main theoretical frame of analysis. After comprehensively surveying the relevant literature on the field, a preliminary assessment of the relationship between technology, structural change and the macroeconomic performance of the Portuguese economy is undertaken using shift-share analysis. This technique is applied considering total factor productivity growth, and employing different levels of breakdown of economic activity, which include the division of industries according to their skills and innovativeness potential. The impact of Verdoorn effects is also acknowledged. The inclusion of capital in the measurement of productivity growth reveals that the performance of the Portuguese economy was globally mediocre in the period under scrutiny, which was characterised by very slow rates of TFP growth. The results show furthermore that most of the (low) productivity gains came from the shift of labour and capital resources across sectors, rather than from intra-productivity gains. Structural change gains arose, however, in a context of relatively slow change in the broad Portuguese economic structure, which maintained a strong bias towards traditional and low-skilled activities. The latter part of the thesis is dedicated to the investigation of the benefits in terms of productivity growth arising from an increase in the relative importance of technologically dynamic industries. This is done using panel data regression methods and analysing the Portuguese case with reference to a number of other countries that presented similar structural characteristics in the late 1970s, but which have experienced widely different growth trajectories since then. The results provide empirical support to the hypothesis according to which substantial benefits have accrued to countries that successfully changed their structure towards more technologically advanced industries. Moreover, the results lend some support to the view that ICT-related industries are strategic branches of economic activity, but only when producing industries are considered. This accentuates the fact that most spillovers from advanced industries, and particularly ICT producing industries are local and national in character.

Economia

Doctoral Programme in Economics

O presente trabalho tem como objectivo principal contribuir para um maior conhecimento do processo de crescimento económico Português ocorrido nas últimas três décadas, considerando explicitamente a relação entre mudanças ocorridas ao nível sectorial e transformações de natureza macroeconómica. Embora este assunto tenha sido objecto de análise em trabalhos anteriores, várias questões relevantes relacionadas com a interacção entre progresso tecnológico, mudança estrutural e crescimento económico permaneceram em aberto. Estas questões são abordadas neste trabalho, que tem na teoria neo-Schumpeteriana a sua fundamentação teórica principal. Após uma primeira parte onde é realizada uma revisão da literatura relevante na área de conhecimento em questão, a análise da relação entre tecnologia, mudança estrutural e desempenho macroeconómico é abordada, utilizando a metodologia shift-share. Esta metodologia é aplicada considerando diferentes desagregações da actividade económica e utilizando a produtividade total de factores como medida de produtividade. São também tidos em conta os efeitos de Verdoorn no cômputo da relevância do efeito de mudança estrutural. A consideração explícita do factor capital na mensuração do crescimento da produtividade revela que o desempenho da economia Portuguesa entre 1977 e 2003 foi globalmente medíocre. Os resultados revelam ainda que os reduzidos ganhos de produtividade decorreram sobretudo da transferência de trabalho e de capital entre sectores, mais do que de ganhos de produtividade intra-sectoriais. Os benefícios inerentes à mudança estrutural ocorreram, no entanto, no interior dos grandes grupos de actividade da economia Portuguesa, que sofreram poucas alterações ao longo do período em estudo. De facto, no final deste período, a economia Portuguesa conserva os seus principais traços estruturais, registando um grande relevo de actividades com uso intensivo de mão-de-obra pouco qualificada e com reduzida intensidade tecnológica. A última parte da tese é dedicada à análise da relação entre a importância relativa de actividades tecnologicamente avançadas na estrutura produtiva e o crescimento da produtividade do trabalho. Para este efeito é estimada uma regressão com dados em painel onde, para além de Portugal, são considerados países que no início do período em estudo possuíam características estruturais idênticas ao caso Português, mas que observaram trajectórias de crescimento muito diversas no período em análise. Os resultados sustentam empiricamente a hipótese segundo a qual os países com maior capacidade de proceder a transformações efectivas da sua estrutura produtiva em torno de actividades tecnologicamente mais avançadas beneficiam de um crescimento superior da produtividade do trabalho. Em simultâneo, a evidência obtida confirma o carácter estratégico das actividades directamente relacionadas com as tecnologias de informação e de comunicação, ainda que tal aconteça unicamente para actividades produtoras destas tecnologias. Este facto sublinha o carácter local dos efeitos de spillover decorrentes de actividades económicas tecnologicamente mais avançadas.

Document Type Doctoral thesis
Language Portuguese
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo