Document details

O fenómeno da dor numa unidade de cuidados intensivos: um estudo metodológico, exploratório e descritivo

Author(s): Marques, Maria de Fátima Alves

Date: 2009

Origin: Repositório CESPU

Subject(s): unidade de cuidados intensivos; dor


Description

O estudo de investigação apresentado nesta dissertação insere-se no domínio do fenómeno da dor no âmbito dos cuidados intensivos (CI), mais especificamente, na problemática da avaliação da dor no doente sedado e/ou ventilado, por isso, impossibilitado de a expressar verbalmente. Porque ainda são escassos os estudos a nível nacional sobre este tema, decidimos realizar um estudo de cariz descritivo, exploratório e de validação de instrumentos de avaliação da dor. Temos como principal finalidade, através da certificação da validação de instrumentos de avaliação da dor, dar um contributo no processo de avaliação e consequente diagnóstico e tratamento da dor, no contexto dos CI. Com este contributo esperamos poder perspectivar, num futuro próximo, uma melhor qualidade dos cuidados de enfermagem, que certamente se repercurtirá numa melhor qualidade de vida do doente. Estruturalmente o estudo encontra-se dividido em duas partes. A primeira parte diz respeito ao enquadramento teórico, onde são abordados aspectos relevantes na abordagem do tema: ”O fenómeno da dor numa unidade de cuidados intensivos”. A segunda parte corresponde ao estudo de investigação propriamente dito, ou seja, aos nossos contributos para o estudo do fenómeno da dor numa UCI. Esta segunda parte do estudo encontra-se estruturada em três fases, correspondentes aos objectivos gerais definidos. Na primeira fase do estudo, de carácter qualitativo, avaliamos a perspectiva de 18 enfermeiros sobre a problemática da dor no contexto dos CI. Conclui-se que a dor é um fenómeno complexo, frequente e relevante, que se manifesta essencialmente por indicadores fisiológicos e comportamentais, e finalmente, que seria importante a utilização sistemática de instrumentos de avaliação da dor na prática diária dos cuidados, devido às inúmeras vantagens que lhes são inerentes. Na segunda fase realizou-se o processo de tradução, validação e adaptação cultural de dois instrumentos de avaliação da dor, para estes doentes específicos, ao qual estão inerentes, basicamente, métodos de investigação quantitativa. Para este processo de validação recorreu-se à análise estatística quantitativa das características psicométricas dos instrumentos usados na avaliação de 94 doentes, que revelou, de forma similar, índices de validade, fidelidade e sensibilidade capazes de lhes conferir credibilidade na sua utilização. Na terceira fase, e tendo por base os dados recolhidos durante a fase anterior, desenvolvemos um estudo epidemiológico, de cariz quantitativo, sobre a incidência, variabilidade e intensidade da dor, na realidade nos doentes que fizeram parte da amostra. Conclui-se que os doentes durante a realização de procedimentos nociceptivos expressam dor, estando o seu aparecimento e a sua intensidade correlacionada com determinados factores, como o nível de sedação e os procedimentos realizados. Com este estudo esperamos reunir um conjunto de dados de interesse que permitam aos profissionais de saúde, nomeadamente aos enfermeiros, refletirem sobre a problemática da dor e essencialmente despertar para a importância da utilização de instrumentos de avaliação da dor, que são uma clara mais valia para a qualidade do “CUIDAR”e consequente QUALIDADE DE VIDA DA PESSOA.

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Contributor(s) Marques, Maria de Fátima Alves
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo