Document details

Terapia Pulpar Vital em Dentição Permanente com Exposição Pulpar por Cárie: Uma Revisão

Author(s): Santos, Marta Martins Carvalho de Guimarães e

Date: 2017

Persistent ID: http://hdl.handle.net/20.500.11816/2841

Origin: Repositório CESPU

Subject(s): Caninos Inclusos; Ortodontia; Tratamento Cirúrgico


Description

: Os procedimentos de Terapia Pulpar Vital designados de capeamento pulpar direto, pulpotomia parcial e total, têm como objetivo manter a vitalidade em dentes afetados por cárie, trauma, procedimentos restauradores ou anomalias dentárias, preservando assim as suas funções e evitando desta forma a pulpectomia ou extração. Tendo em conta que a cárie é uma das maiores causas de comprometimento da polpa, levando em casos extremos a própria perda do dente, é de extrema importância que os procedimentos de Terapia Pulpar Vital sejam vistos como uma alternativa ao tratamento endodôntico não cirúrgico e às exodontias. Objetivos: Com esta revisão narrativa pretende-se abordar diferentes técnicas de Terapia Pulpar Vital em dentes permanentes com exposição pulpar por cárie, esclarecendo as diferentes técnicas e protocolos, bem como os fatores que podem influenciar a taxa de sucesso destes procedimentos. Materiais e Métodos: Para a realização da presente revisão narrativa realizou-se uma pesquisa de artigos na base de dados da Ebsco e Pubmed utilizando os termos Mesh “pulpotomy” OR “pulp capping” AND “permanent teeth” NOT “deciduous teeth” AND “caries”. Obteve-se assim um total de 37 artigos relevantes para a estruturação deste trabalho. Discussão: O sucesso da Terapia Pulpar Vital em dentes permanentes com exposição pulpar por cárie, está dependente não só do procedimento de capeamento pulpar direto, pulpotomia parcial ou total em si bem como, de uma série de fatores limitantes de entre os quais o diagnóstico pulpar (inicialmente estes procedimentos apenas eram viáveis em dentes com sintomatologia de pulpite reversível no entanto, alguns estudos vieram demonstrar ser extensível a dentes com sintomatologia de pulpite irreversível), a remoção do tecido cariado, a hemóstase pulpar, o tipo de material de recobrimento pulpar, a qualidade do material restaurador, assumem especial importância. Conclusão: Os dentes permanentes vitais com pulpa exposta por cárie podem ser tratados com sucesso recorrendo à Terapia Pulpar Vital, sendo que esta deve se vista como uma alternativa ao tratamento endodôntico não cirúrgico. A melhor evidência atual fornece informações inconclusivas sobre fatores que influenciam o resultado do tratamento e isso enfatiza a necessidade de mais estudos observacionais de alta qualidade.

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) CAETANO, LUÍS MANUEL DE SOUSA
Contributor(s) Santos, Marta Martins Carvalho de Guimarães e
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents