Document details

Respiração Oral - Consequências e Tratamento Funcional

Author(s): Monteiro, Tiago Aquino Monteiro

Date: 2017

Persistent ID: http://hdl.handle.net/20.500.11816/2868

Origin: Repositório CESPU

Subject(s): Oral breathers; Malocclusion; Interceptive treatment; Sleep disordered breathing


Description

Este trabalho tem por objetivo caracterizar a síndrome do respirador oral nas crianças e estudar o papel do médico dentista ou de outras áreas da saúde no diagnóstico precoce, prevenção e tratamento da síndrome. Foi feito uma pesquisa na PubMed em artigos escritos de inglês com palavras-chave relevantes para o tema entre os anos 1993 e 2017. A respiração é a primeira função vital do organismo, surge logo no momento do nascimento e permite ao recém-nascido ficar preparado para a vida. A respiração pode ser sobretudo nasal e oral ou mista. Pode solicitar os músculos abominais, intercostais ou o diafragma e recrutar músculos acessórios como sendo principais que criam disfunções no padrão respiratório com as suas inerentes consequências. A respiração nasal filtra partículas e microrganismos existentes no ar assim como humidifica e o aquece de modo a que chegue aos pulmões em melhores condições. Sabe-se o comprometimento desta função tem repercussões físicas e psicologias no ser humano, podendo diminui a sua qualidade de vida. Na literatura mais recente surgem diversas alterações relacionadas com o padrão respiratório, sistémicas e locais. Entre elas podem se considerar alterações do padrão postural, comportamentais, do sono, alterações dos músculos da respiração ou mesmo a diminuição da capacidade pulmonar. A nível local e na estrutura craniofacial encontramos, fácieis adenoide, alterações olcusais, hiperdivergência do plano oclusal, surgimento de cáries, alterações salivares, lábios hipotónicos e comprometimento estético. A intervenção precoce do médico dentista em simultâneo com outras especialidades pode contribuir par um melhor desenvolvimento físico, psicológico e social do individuo. Embora os estudos não sejam unanimos na caracterização, identificação, intervenção na síndrome do respirador oral, verifica-se que o problema existe, é expressivo e prejudica a saúde da nossa população.

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) CONDE, ASELA LAVALL
Contributor(s) Monteiro, Tiago Aquino Monteiro
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents