Document details

Clorexidina como agente de limpeza cavitário prévia à restauração

Author(s): Coll Cárdenas, Anna Paola Fernández

Date: 2018

Persistent ID: http://hdl.handle.net/20.500.11816/2920

Origin: Repositório CESPU

Subject(s): Chlorhexidine; Dental bonding; Dentin


Description

O objetivo desta revisão bibliográfica é descrever o efeito da CLX com diferentes concentrações na limpeza cavitária prévia à aplicação dos diferentes sistemas adesivos que se encontram no mercado. Metodologia: Foi realizada uma pesquisa bibliográfica dos artigos científicos nas bases de dados PubMed, ScienceDirect e Scielo. Os artigos analisados foram publicados desde o ano 2013 até ao ano 2017. De um total de 4717 artigos, foram selecionados 30 relevantes para esta revisão. Excluíram-se todos os artigos anteriores neste período e os que se desviavam do objetivo desta revisão. Desenvolvimento: O uso de soluções antibacterianas após a preparação cavitária e prévios à restauração pode ser considerado um método para diminuir a incidência de sensibilidade pós-operatória e eliminar bactérias residuais que poderiam proliferar na lama dentinária sob as restaurações, na literatura avaliou-se e descreveram-se vários agentes de limpeza cavitária, entre eles a clorexidina e gerou-se assim certa controvérsia sobre os efeitos da mesma sobre o substrato dentinário. Conclusão: A ação da CLX como tratamento prévio à aplicação do sistema adesivo é eficaz no que diz respeito à inibição das MMPs. Além de que resulta ser um bom desinfetante cavitário, tem demonstrado manter a integridade das fibras de colagénio sem ter nenhum efeito adverso sobre a interfase adesiva. As concentrações variam de 0.2% a 2% e o tempo de aplicação pode ser de 20 a 60 segundos.

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) FARIA, ORLANDA DE ARAÚJO LAMAS CORREIA TORRES
Contributor(s) Coll Cárdenas, Anna Paola Fernández
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents