Document details

As guardas de segurança para proteção a motociclistas: características e graus de eficácia

Author(s): Vinagre, Mário Jorge Leão

Date: 2013

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.21/4347

Origin: Repositório Científico do Instituto Politécnico de Lisboa

Subject(s): Motociclistas; Duas rodas a motor; Guardas de segurança; Dispositivo de proteção para motociclistas; Custo-benefício; Ângulo e velocidade de contato/impacto; Critérios da biomecânica; Motorcyclists; Powered two wheel; Guard rail; Motorcyclist protection systems; Cost-benefit; Angle and speed contact/impact; Biomechanics criteria


Description

Os acidentes envolvendo veículos de duas rodas, são um dos maiores problemas da segurança rodoviária atual, no âmbito Europeu. Um dos tipos de acidentes que pode causar danos mais graves aos ocupantes desses veículos é o embate com guardas de segurança. Em consequência disso, neste trabalho foram desenvolvidas opiniões, abonatórias ou não, ao uso de dispositivos de proteção para motociclistas acoplados nas guardas de segurança. Estas opiniões vão partir de dados estatísticos, de estudos e exemplos concretos de vários autores e publicações relacionados com esta temática, sendo que o tipo de dispositivo de proteção para motociclistas que vai estar mais em foco e sendo ele o mais habitual nas estradas portuguesas será a saia metálica. Estes dispositivos de segurança para motociclistas ainda não são de uso obrigatório nas guardas de segurança na maioria dos países do continente Europeu, segundo a norma europeia EN 1317, apesar deste tipo de proteção já estar normalizada segundo padrões de lesões biomecânicos na zona da cabeça, cervical e anca/abdómen descritos na norma EN 1317 UNE 135900 – 1:2003, em alguns países é descurado o uso destas proteções, por não serem obrigatórias e porque ainda se tornam mais dispendiosas que as guardas de segurança habituais (barreiras de metal simples). Este estudo serviu essencialmente para verificar se estes dispositivos salvaguardam ou não a vida dos utilizadores de duas rodas, pois, se pelo contrário, aumentam ainda o risco, ou de lesões mais gravosas ou mesmo de morte, aquando o embate com as mesmas, os gastos associados a este tipo de equipamentos serão totalmente inúteis e desnecessários.

Accidents involving two-wheeled vehicles are one of the biggest problems nowadays concerning road safety in Europe. One type of accidents that can cause more serious damage to the occupants of these vehicles is the crash against these safety barriers. Consequently, this study try to reflect different points of views, pro or not,about the use of motorcyclist protection systems engaged in crash barriers. These points of view are based upon statistics analysis, studies and concrete examples of various authors and also papers related to this subject. The type of protective device for motorcyclists who will be more in focus in this study is the most common protective device for motorcyclists in Portuguese roads - the motorcyclefriendly crash barrier. These safety devices for motorcyclists’ aren´t required to use in most countries of Europe. According to European standard EN 1317, although this type of protection has been normalized according to patterns of biomechanical injuries on the head, neck and hip / abdomen described in EN 135 900 UNE 1317 - 1:2003, in some countries is still neglected the use of such protections, because they are not mandatory and it become even more expensive than the more usual security guards (single metal rail). This study served mainly to check if these motorcycle-friendly devices safeguard the two wheelers drivers, but in the other way, if it increases the risk of more serious injuries or even death, when the clash with them, the costs associated with this equipment will be completely useless and unnecessary.

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Marques, João Manuel de Sousa
Contributor(s) Vinagre, Mário Jorge Leão
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents