Document details

Brincar para aprender: as intenções do educador

Author(s): Moreira, Daniela dos Santos

Date: 2015

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.21/5188

Origin: Repositório Científico do Instituto Politécnico de Lisboa

Subject(s): Criança; Brincar;; Intenções do educador; Papel do educador; Children; To play; Educator’s intensions; Educator’s role


Description

O presente relatório enquadra-se no Mestrado em Educação Pré-Escolar decorrente no âmbito da unidade curricular Prática Profissional Supervisionada desenvolvida nos contextos de creche e jardim-de-infância. Brincar para aprender: as intenções do educador pretende, de uma forma reflexiva e fundamentada, dar a conhecer a importância que o brincar assume no quotidiano das crianças, bem como o papel que o educador deve assumir de forma a promover aprendizagens significativas através da brincadeira. O brincar é uma atividade que está presente no ser humano desde o início dos tempos. Muitos foram os pedagogos, filósofos e psicólogos que abordaram este tema mostrando a sua relevância para o desenvolvimento e aprendizagem das crianças. No século XVIII a brincadeira era vista como uma forma de gastar energias, mas hoje em dia temos provas em como o brincar é a ferramenta mais valiosa para a aprendizagem. Desta forma, cabe ao educador de infância organizar os espaços e materiais, promover situações e participar nas brincadeiras das crianças, ajustando o meio às suas necessidades. Através de uma investigação-ação onde apliquei algumas estratégias de intervenção, o presente relatório concilia a pesquisa bibliográfica mobilizada com a recolha de dados realizada ao longo da intervenção. Conclui-se que o educador de infância deve organizar o meio e materiais de acordo com um conjunto de intenções delineadas a partir da caracterização do grupo, com o fim de proporcionar aprendizagens ativas.

ABSTRACT This report is part of the Master Degree in Preschool Education arising within the course of Supervised Professional Practice developed in nursery and kindergarten contexts. Playing to learn: educator's intentions intends to, in a reflective and reasoned way, acquainting the importance that the playing takes on the daily lives of children, and the role that the educator must take in order to promote meaningful learning through playing. Playing is an activity that is present in human beings since the beginning of time. Many were the pedagogues, philosophers and psychologists who have addressed this subject showing its relevance to the development and learning of children. In the eighteenth century, playing was seen as a way of spending energy, but today we have evidence on how playing is the most valuable tool for learning. Thus, it is up to the educator organizing spaces and materials, promoting situations and participating in children’s playing, adjusting the environment to their needs. Through a research-action where I applied some intervention strategies, this report combines mobilized literature with data collection conducted during the intervention. In conclusion, the educator must organize the environment and the materials according to a set of outlined intentions from the characterization of the group, in order to provide active learning.

Relatório da Prática Profissional Supervisionada Mestrado em Educação Pré-Escolar

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Rosa, Manuela
Contributor(s) Moreira, Daniela dos Santos
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents