Document details

Conceções sobre avaliação formativa de professores do 2.ºCEB: um estudo comparativo

Author(s): Teixeira, Ana Rita Pessoa

Date: 2016

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.21/6453

Origin: Repositório Científico do Instituto Politécnico de Lisboa

Subject(s): Avaliação formativa; Avaliação; Sucesso educativo; Formative assessment; Evaluation; Educational success


Description

O presente relatório surge no âmbito da unidade curricular (UC) Prática de Ensino Supervisionada II (PES II), integrada no plano de estudos do mestrado em Ensino do 1.º e do 2.º Ciclo do Ensino Básico (CEB). O trabalho consiste na apresentação descritiva e reflexiva do processo desenvolvido no contexto da prática em 2.º CEB, numa turma do 5.º ano de escolaridade de uma escola da rede pública, da cidade de Lisboa. Os procedimentos metodológicos utilizados foram de natureza qualitativa, com recurso a pressupostos utilizados para a investigação-ação O relatório contempla, ainda, um estudo desenvolvido no mesmo contexto da PES II, subordinado ao tema Conceções sobre Avaliação Formativa de professores do 2.º CEB: um estudo comparativo. Este estudo visou caraterizar as representações de avaliação formativa de professores do 2.º CEB, através da comparação entre grupos, bem como identificar os principais constrangimentos desses professores à implementação destas práticas avaliativas. Em conformidade com o objeto de estudo optou-se por uma metodologia de natureza mista e privilegiou-se o inquérito por questionário como técnica de recolha de dados. Os dados qualitativos foram sujeitos a análise de conteúdo e os dados quantitativos foram tratados com recurso ao software Statistical Package for the Social Sciences v22. A partir da análise e discussão dos resultados, verificou-se que as conceções dos docentes aproximam-se dos pressupostos teóricos sugeridos pela revisão de literatura, no sentido em que os inquiridos revelam concordar que a modalidade de avaliação formativa é um elemento fundamental na regulação e orientação do processo de ensino-aprendizagem, permitindo ajustá-lo à realidade educativa e contribuindo para o sucesso educativo dos alunos. O principal constrangimento identificado pelos professores para a implementação da avaliação formativa é o elevado número de alunos por turma. Os resultados demonstram, ainda, que as conceções sobre avaliação formativa dos professores não se relacionam significativamente com a área de ensino em que praticam o exercício de docência.

ABSTRACT This report comes within the course of Supervised Teaching Practice II, part of the Master's curriculum in teaching the 1st and 2nd cycle of basic education (CBE). The work consists of descriptive and reflective presentation of the process developed in the practical context in 2nd CBE, a class of 5th grade of a public school of Lisbon, which lasted nine weeks. The data collection was carried out using a methodology of qualitative nature, with assumptions used for research-action. The report also includes an investigative study, entitled conceptions of Formative Evaluation of teachers the 2nd CBE: a comparative study that aims to characterize the formative evaluation of representations of teachers of the 2nd CBE, by comparing groups and identifying the main constraints of these teachers to implement these assessment practices. In accordance with the object of study we opted for a mixed nature and focused methodology using the survey as data collection technique. Qualitative data were subjected to content analysis and quantitative data were analysed using the Statistical Package for Social Sciences software v22. From the analysis and discussion of the results, it was found that the conceptions of teachers approximate the theoretical framework suggested by literature review, in the sense that respondents reveal agree that formative assessment modality is a key element in the regulation and guiding the process of teaching and learning, allowing adjust it to the educational reality and contributing to the educational success of students. The main constraint identified by teachers for the implementation of formative assessment is the high number of students per class. The results show also that the formative assessment conceptions of teachers do not relate significantly to the educational area where practice the exercise of teaching.

Relatório de estágio apresentado à Escola Superior de Educação de Lisboa para obtenção de grau de mestre em Ensino do 1.º e do 2.º Ciclo do Ensino Básico

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Pereira, Maria da Conceição Figueira Santos
Contributor(s) Teixeira, Ana Rita Pessoa
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo