Document details

Promoção de competências autorregulatórias da aprendizagem das crianças

Author(s): Ferreira, Daniela

Date: 2016

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.15/1654

Origin: Repositório Científico do Instituto Politécnico de Santarém

Subject(s): autorregulação da aprendizagem; competências autorregulatórias; autonomia; papel do educador/professor; transições escolares; transição e (des)continuidades.; learning self-regulation; self-regulatory skills; autonomy; role of educator / teacher; school transitions; transition and (dis)continuities


Description

O presente relatório pretende dar a conhecer o percurso efetuado ao longo do Mestrado em Educação Pré-Escolar e em Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico que tem como base as experiências vivenciadas, as aprendizagens mais significativas enquanto futura profissional da educação e, por fim, o exercício investigativo desenvolvido ao longo do mesmo. Assim, este relatório contempla duas partes. A primeira refere-se à dimensão reflexiva, onde são apresentados os aspetos mais relevantes acerca dos contextos de estágio. A segunda parte diz respeito ao exercício investigativo que pretende demonstrar a importância e a forma como promover as competências autorregulatórias das crianças no processo de ensino-aprendizagem, em contexto real educativo através de um estudo de caso. O presente estudo foi desenvolvido em contexto creche, jardim de infância e 1.º ciclo do ensino básico (1.º CEB) recorrendo à utilização de um instrumento de apoio à prática pedagógica, a Lista de Desenvolvimento da Aprendizagem Independente (CHILD) (Whitebread et al., 2009, adaptado por Piscalho & Simão, 2014). Verificou-se que promover a autonomia e os processos de autorregulação da aprendizagem é um elemento fundamental no processo escolar e de formação ao longo da vida. Deste modo, educadores e professores devem dominar o conceito de autorregulação da aprendizagem porque o trabalho educativo envolve um processo de desenvolvimento pessoal de cada elemento do grupo de crianças, onde os dois pilares da autorregulação assumem um papel decisivo, estes dois pilares são a escolha e o controlo.

This report aims to provide an overview of the learning curve during the Master in Preschool Education and 1st cycle of Basic Education Teaching, reporting the experiences and knowledges acquired and describing the investigation practice developed during the course, to serve as a base to the exercise of a future professional of education. Therefore, the report consists of two parts. The first refers to the reflective dimension, presenting the most significant aspects about the internship contexts. The second part addresses the investigation exercise, which intends to demonstrate how to promote selfregulatory skills of children as part of the teaching-learning process, in real educational context, through a case study, and the relevance of this process. The current study was developed in nursery, kindergarten and 1st cycle of basic education (1st CEB) contexts, through the use of a tool to support the teaching practice, the List of Development of Independent Learning (CHILD) (Whitebread et al., 2009, adapted by Piscalho & Simon, 2014). It was found that encouraging the autonomy and self-regulation of learning processes is a key element in the school process and training throughout life. Educators and teachers must dominate, understand and use the concept of self-regulation of learning because educational work involves a personal development process of each member of the group of children, where the two pillars of self-regulation play a decisive role, these two pillars are the choice and control.

Relatório final apresentado para a obtenção do grau de mestre em Educação Pré-Escolar e em Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Piscalho, Isabel
Contributor(s) Ferreira, Daniela
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents