Document details

Conceções e práticas de Educação Intercultural em Pré-Escolar e 1.º CEB

Author(s): Lopes, Ana Rita Sequeira

Date: 2017

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.15/1801

Origin: Repositório Científico do Instituto Politécnico de Santarém

Subject(s): educação intercultural; estágios; papel do educador/professor; pré-escolar; 1º Ciclo do ensino básico.; intercultural education; internships; role of educator/teacher; preschool; 1st Cycle of basic education


Description

O presente relatório, “Conceções e práticas de Educação Intercultural em Pré-Escolar e 1.º CEB”, pretende sintetizar as aprendizagens e vivências realizadas ao longo do Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico. Este trabalho tem ainda como intenção refletir mais aprofundadamente sobre a temática da escola como espaço de encontro de diversidade cultural e as consequências dessa interação entre culturas. Mais concretamente, apresenta-se um estudo sobre os conhecimentos de profissionais destes níveis de ensino sobre o conceito de Educação Intercultural e uma recolha de estratégias utilizadas por docentes no ativo para melhorar a convivência, eliminar atitudes de preconceito racial e discriminatório, e promover a empatia entre alunos. Ao longo deste documento serão apresentadas duas partes: a primeira refere-se aos níveis de ensino onde realizei os vários estágios de ensino supervisionado, fazendo uma breve caraterização e contextualização do meu percurso académico nos estágios de Creche, Pré-escolar e do 1º Ciclo de Ensino Básico. A segunda parte refere-se à revisão da literatura e ao estudo empírico, onde procurei compreender os benefícios que a relação intercultural pode ter na vida da criança, dos encarregados de educação e dos próprios docentes. Foi também relevante perceber quais os obstáculos a esta interação e que estratégias as escolas e os professores podem adotar. Procurei fundamentar esta investigação recorrendo à informação disponível sobre a evolução do sistema educativo e documentos oficiais de ensino, referentes à diversidade cultural. O estudo empírico tem como base uma metodologia qualitativa, em que optei pela realização de entrevistas a professores de 1.º Ciclo e a educadores de infância, no ativo, no concelho da Amadora, que regista um índice elevado de diversidade cultural, referente à população escolar. A análise e reflexão sobre os dados recolhidos dizem-me que, no geral, os profissionais conhecem as características predominantes do conceito da educação intercultural e que a integração dos alunos de diferentes culturas está a ser feita de modo positivo. Foram registados, ainda, alguns inibidores, tais como o material pedagógico pouco adaptado à realidade cultural dos alunos. Os professores afirmam que, ao nível da formação sobre esta temática, há muito a fazer, pois apesar de lhe darem bastante importância, apenas na formação inicial tiveram contato ou frequentaram estas formações.

The current report, "Conceções e práticas de Educação Intercultural em Pré-Escolar e 1.º CEB", intends to synthesize the learning's and experiences realized during the Master's degree in Educação Pré-Escolar e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico. This work also intends to reflect more deeply the thematic of school as a meeting place of cultural diversity and the consequences of that interaction between cultures. More concretely, presents a study about the knowledge of professionals of these levels of education on the concept of Intercultural Education and a gathering of strategies used by teachers in active to improve the acquaintanceship, eliminate attitudes of racial and discriminatory prejudice, and to promote empathy among students. Over this document, two parts will be presented: the first one refers the levels of education where I performed the varied stages of supervised teaching, giving a brief characterization and contextualization of my academic course in internships of Nursery school, Preschool and 1st Cycle of Basic Education. The second part refers to literature review and the empirical study, where I tried to understand the benefits that the intercultural relationship can have in a life of a child, legal guardians and the teachers themselves. It was also relevant to understand the obstacles to this interaction and what strategies schools and teachers can adopt. I justify this research using available information about the evolution of educational system and official teaching documents referring cultural diversity. The empirical study is based on a qualitative methodology, in which I chose to conduct interviews to 1st Cycle teachers and nursery school educators in active, in the city of Amadora, which has a high cultural diversity, referring to the school population. The analysis and reflection on the data collected tell me that, in general, professionals know the predominant characteristics of the concept of intercultural education and that integration of students from different cultures is being done in a positive way. Some inhibitors were also recorded, such as pedagogical material that was poorly adapted to the cultural reality of the students. Teachers say that, in terms of training on this thematic, there is a lot to do, although they give it importance, only in the initial formation had contact or attended these formations.

Relatório de Estágio apresentado para obtenção do grau de Mestre em Educação do 1º Ciclo do Ensino Básico

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Santos, Leonor
Contributor(s) Lopes, Ana Rita Sequeira
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents