Document details

Trilho matemático: uma experiência fora da sala de aula com uma turma do 5º ano de escolaridade

Author(s): Castro, Ligia Rafaela Rodrigues

Date: 2016

Persistent ID: http://hdl.handle.net/20.500.11960/1521

Origin: Repositório Científico IPVC

Subject(s): Contexto fora da sala de aula; Geometria; Resolução e formulação de problemas; Trilho matemático; Context out of the classroom; Geometry; Resolution and problem formulation; Math trail


Description

O presente relatório foi desenvolvido no âmbito da Prática de Ensino Supervisionada II (PES II), em contexto do 2º ciclo do ensino básico e encontra-se dividido em três partes. A primeira e terceira partes estão relacionadas com a Prática de Ensino Supervisionada, iniciando-se por um enquadramento e findando com uma reflexão. Na segunda parte descreve-se o estudo efetuado como se demonstra nos parágrafos seguintes. Este trabalho investigativo centrou-se na área de Matemática. Depois de se ter constatado que os participantes demonstravam dificuldades relacionadas com conteúdos geométricos, resolução de problemas e comunicação matemática tornou-se essencial promover experiências de aprendizagem enriquecedoras para que os alunos pudessem envolver-se, com eficiência, nas tarefas, incorporando diferentes contextos e resolvendo e formulando problemas matemáticos, contribuindo para aquisição de conceitos e desenvolvimento do pensamento geométrico. Partindo destes pressupostos, este estudo teve como principal objetivo compreender qual o contributo dos Trilhos Matemáticos no envolvimento dos alunos e na mobilização de conceitos geométricos pelos alunos da turma. De modo a orientar o estudo em causa delinearam-se as seguintes questões: (Q.1.) Como se pode caraterizar o desempenho dos alunos em tarefas de natureza geométrica através de um Trilho Matemático?; (Q.2.) Como se pode caraterizar a reação dos alunos à realização de um Trilho Matemático num contexto de aprendizagem fora da sala de aula?. Optou-se por uma metodologia de investigação de natureza qualitativa de caráter exploratório e interpretativo. A recolha de dados incidiu sobre toda a turma, privilegiando-se a recolha de dados através de observações participantes do professor/investigador e suas anotações, entrevistas semiestruturadas, dois questionários, gravações áudio/vídeo, registo fotográfico e documentos fornecidos pelos alunos com os registos de todas as resoluções de tarefas. Os resultados sugerem que a realização do Trilho Matemático proporcionou aos alunos uma mobilização dos conhecimentos geométricos favoráveis na resolução das tarefas. Por outro lado, permitiu-lhes cooperar em pequenos grupos, desenvolvendo assim o espírito de entreajuda e crítico, promovendo características do pensamento criativo quer na resolução quer na formulação de problemas, desabrochando nos mesmos o gosto pela descoberta e pela Matemática.

The present report was developed under the Supervised Teaching Practice II (STP II), in the context of the 2nd cycle of basic school and is divided into three parts. The first and third parts are related to the supervised teaching practice, starting with a framework and ending with a reflection. The second part describes the study conducted as shown in the following paragraphs. This research study was focused on the area of Mathematics. After having found that participants had difficulties related to geometric contents, problem solving and mathematical communication, it became essential to promote enriching learning experiences so that students could get involved, efficiently, in tasks incorporating different contexts, formulating and solving mathematical problems, contributing to the concepts acquisition as well as development of geometric thinking. Under these assumptions, this study aimed to understand what the contribution of Math Trails in student engagement and mobilization of geometrical concepts. In order to guide the study in question, the following were outlined: (Q.1.): i) How can one characterize the performance of students in geometric nature tasks through a mathematical trail?; (Q.2.) How can one characterize the reaction of students to carry out a trail in a leaning environment outside the classroom? It was opted a methodology of research of qualitative nature of exploratory and interpretative character. The data collection focused on the entire class, giving priority to the data collection through participant observations of the teacher/researcher and his notes, semi-structured interviews, two questionnaires, audio/video recordings, photographic recordings and documentation provided by students with records of all task resolutions. The results suggest that the realization of Math Trails provided to students a mobilization of favorable geometric knowledge in solving tasks. On the other hand, it allowed them to cooperate in small groups, developing the spirit of mutual help and critical, promoting characteristics of creative thinking not only in the resolution but also in the formulation of problems, awakening them the taste for discovery and mathematics.

Relatório Final de Prática de Ensino Supervisionada do Mestrado em Ensino do 1º e 2º Ciclos do Ensino Básico apresentado na Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Viana do Castelo

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Vale, Maria Isabel Piteira do
Contributor(s) Castro, Ligia Rafaela Rodrigues
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents