Document details

Envelhecimento e proatividade adaptativa : Um estudo de base comunitária em Vila Verde

Author(s): Sampaio, Anabela Silva

Date: 2017

Persistent ID: http://hdl.handle.net/20.500.11960/1932

Origin: Repositório Científico IPVC

Subject(s): Longevidade; Envelhecimento bem-sucedido; Proatividade adaptativa; Avaliação gerontológica multidimensional; Gerontologia social; Longevity; Successful aging; Adaptive proactivity; Multidimensional gerontological assessment; Social gerontology


Description

Contexto e objetivo do estudo. A longevidade humana é uma das maiores conquistas da humanidade (ONU, 2003), mas o facto de as pessoas viverem cada vez mais anos, não significa que estejam a envelhecer bem e com qualidade de vida (Rowland, 2009; Walker & Mollenkopf, 2010). Com o avançar dos anos torna-se cada vez mais difícil alcançar um balanço positivo entre ganhos e perdas (Baltes, 1997). No entanto, alguns modelos de envelhecimento bem-sucedido (Baltes & Baltes, 1990; Kahana & Kahana, 1996) veem as pessoas mais velhas como proativas, que podem regular a sua qualidade de vida através do envolvimento ativo e da utilização de recursos que promovam a adaptação preventiva e/ou corretiva às mudanças e aos desafios inerentes ao processo de envelhecimento. Embora o comportamento ao longo da vida seja determinante para envelhecer bem, é fundamental atender às caraterísticas da pessoa, ao lugar e tempo em que se vive e aos recursos disponíveis em territórios específicos, pois estes potenciam e limitam o próprio processo de envelhecimento. Neste sentido, é fundamental identificar as necessidades, capacidades e preferências das pessoas mais velhas, para traçar Planos de Ação adequados. Daí a relevância da Avaliação Gerontológica Multidimensional em lugares específicos. Face ao exposto, o presente estudo visa proceder à Avaliação Gerontológica Multidimensional no Município de Vila Verde para posteriormente traçar linhas orientadoras para o Plano Gerontológico Municipal. Método. Este estudo de natureza quantitativa inclui uma amostra com 5% da população com 65 ou mais anos, tomando por base o último Censo da População (INE, 2011), a residir em casa em duas Uniões de Freguesia do concelho de Vila Verde, estratificada em termos de género e idade. A recolha de dados foi efetuada através do Protocolo de Avaliação de Necessidade Comunitárias associadas ao Envelhecimento da População (ANCEPGeroSOC_Revisto; Bastos et al., 2013). Resultados. Os 83 participantes deste estudo têm uma idade média de 77 anos (dp=7,9), 54,2% são mulheres e 84,3% têm menos de cinco anos de escolaridade. A maioria dos participantes é independente nas atividades básicas da vida diária (94%) mas, predominantemente dependente nas atividades instrumentais da vida diária (54,22%), sendo que 15,9% apresenta défice cognitivo, ausência de sintomatologia depressiva (85,5%), elevada satisfação com a vida e reduzido valor de risco de isolamento social (7,2%). Observaram-se diferenças estatisticamente significativas em todas as dimensões do funcionamento individual em função da escolaridade, sendo que os menos escolarizados obtém pior desempenho; relativamente ao género observaram-se diferenças estatisticamente significativas nas redes sociais e na sintomatologia depressiva, sendo que as mulheres apresentam piores indicadores; em termos de idade observam-se diferenças estatisticamente significativas nas atividades instrumentais de vida diária, no desempenho cognitivo, nas redes sociais e na sintomatologia depressiva, sendo que os mais velhos (80+ anos) apresentam pior desempenho. A análise da utilização e necessidade de serviços comunitários demostrou que, na globalidade, são os participantes mais dependentes que utilizam mais serviços comunitários, à exceção dos serviços sociais e recreativos, sendo estes últimos os serviços onde se evidencia uma maior necessidade. Conclusão. Os resultados apresentados vão ao encontro da literatura no domínio e sugerem a necessidade dos Planos Gerontológicos Municipais terem em conta os recursos internos e externos, uma vez que com a longevidade as capacidades individuais reduzem, sendo necessário alocar recursos. Esta situação é particularmente notória com o aumento da dependência na vida diária na quarta idade.

Context and purpose of the study. Human longevity is one of the greatest achievements of mankind (UN, 2003), however living more years does not mean that they are aging well and with quality of life (Rowland, 2009; Walker & Mollenkopf, 2010). As the years go by it becomes increasingly difficult to achieve a positive balance between gains and losses (Baltes, 1997). In this context, some successful aging models (Baltes & Baltes, 1990; Kahana & Kahana, 1996) see older people as proactive, that they can regulate their quality of life through active involvement in society and use of resources that promote preventive and/or corrective adaptation to the changes and challenges inherent to the aging process. Although lifelong behavior is determinant for aging well, it is fundamental to take into account the characteristics of the person, the place and time in which they live and the resources available in specific territories, since they enhance and limit the aging process itself. In this sense, it is essential to identify the needs, capacities and preferences of old people to draw up appropriate Action Plans. in this sense, it stands out the relevance of Multidimensional Gerontological Assessment in specific places. Given the above, the present study aims to proceed to the Multidimensional Gerontological Assessment in the Municipality of Vila Verde in the sense of draw some guidelines for the Municipal Gerontological Plan. Method. This quantitative study includes a sample of 5% of the old population (aged 65 or more) that live at home in Vila Verde county, stratified in terms of gender and age. This sample is based on the last Population Census (INE, 2011). It was used the Community Needs Assessment Protocol associated with the Population Aging (ANCEPGeroSOC_R, Bastos et al., 2013) to the data collection. Results. The 83 participants in this study have a mean age of 77 years (sd = 7,9), 54,2% are women and 84,3% have less than five years of schooling. The majority of the participants are independent in the basic activities of daily life (94%) but predominantly dependent in the instrumental activities of daily life (54,2%), 15,9% have cognitive deficit, absence of depressive symptomatology (85,5%), high satisfaction with life and low risk of social isolation (7,2%). Statistically significant differences were observed in all dimensions of individual functioning as a function of schooling, with the less schooled performing worse. Regarding gender, statistically significant differences were observed in social networks and depressive symptomatology, with women having worse indicators. In terms of age, there are statistically significant differences in instrumental activities of dalily living, cognitive performance, social networks and depressive symptomatology, and the older ones (80+ years) present worse perform. The analysis of the use and need for community services has shown that, overall, the most dependent participants are those who use more community services, with the exception of social and recreational services, the latter being the services where there is a greater need. Conclusion. The results presented are in line with literature in the field and suggest the need of the Municipal Gerontological Plans to take into account the internal and external resources, since with the longevity the individual capacities reduce, being necessary to allocate resources. This situation is particularly noticeable with the increase in dependence on daily life in the fourth age.

Dissertação de Mestrado em Gerontologia Social apresentada na Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Viana do Castelo

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Bastos, Maria Alice Martins da Silva Calçada; Gonçalves, Raquel Sofia Arieira
Contributor(s) Sampaio, Anabela Silva
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents