Document details

As transformações na educação básica pela ação do capitalismo tardio

Author(s): Santos, Erivan Xavier dos

Date: 2015

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10071/10508

Origin: Repositório do ISCTE-IUL

Subject(s): Dominação; Educação; Impacto; Globalização; Neoliberalism; Domination; Education; Impact; Globalization


Description

O neoliberalismo como a versão atual do capitalismo tem produzido uma série de problemas, o agravamento da tendência capitalista a mercantilização universal onde tudo é transformado em mercadoria, inclusive a educação, saúde, cultura e desporto. Valendo neste sistema o interesse individual onde os direitos sociais e econômicos são minimizados. Os princípios básicos do neoliberalismo são: Mínima participação estatal na economia de um país, pouquíssima intervenção do governo no mercado de trabalho, privatização das estatais, livre circulação de capitais internacionais, destaque na globalização, abertura da economia para a entrada de multinacionais, adoção de medidas contra o protecionismo econômico e desburocratização do estado. Considerando que, a educação é mais que uma forma de investimento do capital, a concepção neoliberal da educação que transformou-se em mais um elemento de fortalecimento do modelo da política econômica capitalista implantada nos e pelos países em desenvolvimento sócio econômico. No discurso neoliberal a educação passa a ingressar no mercado capitalista funcionando logo a sua semelhança, deixando-se assim de ser parte do campo social e político, os conteúdos políticos da cidadania, foi substituído pelos direitos do consumidor. Daí a visão neoliberal de que os pais e alunos são consumidores. De modo geral, percebemos que nos últimos anos através dos documentos oficiais evidenciam a presença das estratégias neoliberais sendo implementadas no Brasil. De igual modo a educação tem sido voltada para os interesses dos donos do capital. Sendo assim com essa pesquisa pretendo analisar as influencias que essa nova vertente capitalista tem causado na educação básica brasileira.

Neoliberalism as the current version of capitalism has produced a number of problems, the worsening capitalist tendency to universal commodification where everything is commodified, including education, health, culture and sports. Availing this system the individual interest where social and economic rights are minimized. The basic principles of neoliberalism are: Minimum state participation in the economy of a country, very little government intervention in the labor market, privatization of state, free movement of international capital, emphasis on globalization, opening the economy to the entry of multinationals, adoption measures against economic protectionism and bureaucracy of the state. Whereas education is more than a form of capital investment, neoliberal conception of education that became another of capitalist economic policy model strengthening element implemented in and by countries in socio economic development. In the neoliberal discourse education passes to enter the capitalist market soon working their similarity, leaving just to be part of the social and political sphere, the political content of citizenship has been replaced by consumer rights. Hence the neoliberal view that parents and students are consumers. In general, we see that in recent years through official documents show the presence of neoliberal strategies being implemented in Brazil. Similarly education has been focused on the interests of capital owners. So with this research I analyze the influence that this new capitalist strand has caused the Brazilian basic education.

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Abrantes, Pedro
Contributor(s) Santos, Erivan Xavier dos
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents