Document details

Actuação do Programa Polis na Frente Ribeirinha de Setúbal: estudo comparativo do espaço público de 1900 a 2015

Author(s): Lança, Sara Margarida Vaz

Date: 2016

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10071/11364

Origin: Repositório do ISCTE-IUL

Subject(s): Cidade; Rio; Frente ribeirinha; Reconversão; Polis; Espaço público; Coesão urbana; Morfologias urbanas; Forma urbana; Setúbal; City; River; Waterfront; Conversion; Polis programme; Public space; Urban cohesion; Urban morphology; Urban form


Description

É certo que os portos representaram um papel fundamental no crescimento e desenvolvimento das cidades, tanto a nível urbano, económico e social, como, também, consistiram em elementos importantes no estabelecer da relação da cidade com o rio. Porém, no período industrial, devido à forte ocupação das frentes de água essa relação deixou de existir. Actualmente, estes territórios encontram-se bastante marcados por esse período, principalmente por espaços devolutos e edifícios degradados, tornando-se assim objecto de relevado interesse a requalificar, a fim de devolver o rio à cidade. A presente investigação recairá sobre a frente ribeirinha de Setúbal. Com a alteração do porto para montante desta cidade, a frente ribeirinha transformou-se numa barreira em relação ao rio, repleta de áreas devolutas, construções arcaicas e actividades em declínio, que não atraíam a população a ocupar aquele território. Esta degradação urbana e ambiental levou a uma crescente preocupação por parte das populações e instituições políticas, resultando em consequentes processos de reconversão da frente de água. Nesse sentido, propõe-se o estudo sobre a actuação do programa de requalificação urbana e valorização ambiental, Polis, na frente ribeirinha de Setúbal, analisando quais as suas propostas, as alterações e as intervenções neste território com o objectivo de perceber, através do espaço público, se este programa estará a conseguir requalificar a frente ribeirinha promovendo a coesão urbana e a relação da cidade com o rio. Para tal, analisou-se quatro espaços públicos da frente ribeirinha de Setúbal, com base no estudo i) das suas características físicas, ii) da afluência e permanência da população a estes espaços, e iii) da sua integração com a cidade.

It is true that ports played a key role in the growth and development of cities, both urban, economic and social level , as also consisted of important elements in establishing the city/river connection. However in the industrial period, due to the strong occupation of waterfronts this connection ceased to exist. Currently these areas are very marked by this period mainly vacant spaces and dilapidated buildings thus becoming the subject of interest relieved to retrain in order to return the water to the city. This research will be on the waterfront of Setúbal. By changing the port upstream of the city the waterfront has become a barrier in relation to the river, full of unoccupied areas, archaic constructions and activities in decline which did not attract the population to occupy that territory. This urban and environmental degradation has led to a growing concern on the part of the population and political institutions resulting in subsequent conversion processes the waterfront. In this sense, it is proposed to study the performance of urban regeneration and environmental enhancement the Polis Programme waterfront of Setúbal, analyzing what their proposals, changes and interventions in this area with the aim of realizing through public space, whether this programme will be able to reclassify the waterfront promoting urban cohesion and the city/river connection. To do this, we analyzed four public spaces of the waterfront of Setúbal based on i) study of their physical characteristics, ii ) the supply and maintaining the population to these areas, and iii ) its integration with the city.

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Sampayo, Mafalda Teixeira de
Contributor(s) Lança, Sara Margarida Vaz
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents