Document details

Construção de um índice de avaliação "smart city" com recurso integrado a mapas cognitivos e ao Integral de Choquet

Author(s): Castanho, Mariana da Silva

Date: 2018

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10071/17256

Origin: Repositório do ISCTE-IUL

Subject(s): Desenvolvimento sustentável; Bem-estar social; Novas tecnologias; Mapa cognitivo; Tomada de decisão; Cidade; Choquet Integral; Cognitive maps; MCDA; Smart cities; SMART-C; Sustainability; Sustainable development; Domínio/Área Científica::Ciências Sociais::Economia e Gestão; Domínio/Área Científica::Ciências Sociais::Economia e Gestão; Domínio/Área Científica::Ciências Sociais::Economia e Gestão


Description

A rápida urbanização, o elevado crescimento populacional, o desenvolvimento tecnológico, o impacto ambiental e o bem-estar da sociedade nas áreas urbanas tornaram-se, ao longo do tempo, preocupações cada vez mais desafiadoras. Esta tendência está relacionada com a complexidade inerente aos múltiplos fatores a serem considerados na avaliação das smart cities (i.e., cidades que promovem melhorias na qualidade de vida dos cidadãos por meio da combinação de novas tecnologias e práticas sustentáveis) e o vasto número de indicadores de performance necessários para a avaliação destas cidades, algo que dificulta o processo de tomada de decisão. Com base nos princípios da abordagem Multiple Criteria Decision Analysis (MCDA), o presente estudo visa integrar técnicas de mapeamento cognitivo com o Integral de Choquet (IC) para desenvolver um modelo multicritério, denominado SMART-C, que permita facilitar o processo de avaliação das smart cities. Para o efeito, a pesquisa incluiu a identificação de critérios de avaliação e das suas respetivas interações, utilizando um painel de especialistas com conhecimento especializado na temática em análise. Os resultados foram validados tanto pelos membros do painel como por um representante do Departamento de Ambiente e Energia da Câmara Municipal de Lisboa, através da Associação Lisboa E-Nova, que confirmou que o sistema de avaliação desenvolvido permite distinguir as cidades de acordo com a sua smartness urbana. As vantagens e limitações decorrentes deste estudo são também objeto de análise e discussão.

apid urbanization, high urban population growth, technological development, environmental impact, and human well-being in urban areas have become, over the years, increasingly challenging concerns. This trend is related to both the complexity inherent to the multiple factors to be considered when evaluating "smart" cities (i.e., cities that promote improvements in citizens’ quality of life through a combination of new technologies and environmentally sustainable practices) and the myriad evaluation indicators needed for their assessment, which hinders decision making. Based on the principles of the multiple criteria decision analysis (MCDA) approach, this study sought to integrate cognitive mapping and the Choquet integral (CI) to develop an assessment system that facilitates the evaluation of smart cities, which was coined SMART-C. The research included identifying evaluation criteria and their respective interactions using a panel of experts with specialized knowledge in the subject under analysis. The results were validated both by the panel members and a representative of the Environment and Energy Department of the Lisbon City Council, through the Lisboa E-Nova Association, who confirmed that our evaluation system allows cities to be distinguished according to how strongly they develop their “smartness”. The advantages and limitations of the proposed framework are also discussed.

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Ferreira, Fernando Alberto Freitas
Contributor(s) Castanho, Mariana da Silva
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents