Document details

A percepção dos enfermeiros sobre a importância da partilha de informação com os familiares numa unidade de cuidados intensivos

Author(s): Saiote, Elisabete Cristina Gomes

Date: 2011

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10071/2613

Origin: Repositório do ISCTE-IUL

Subject(s): enfermeiro de UCI; informação; comunicação; família; ICU nurse; information; communication; family


Description

O avanço tecnológico verificado ao longo destes últimos anos levou a uma melhoria na saúde proporcionando entre outros, um maior período de internamento dos doentes em UCI. Perante o internamento, os familiares desejam obter informação procurando o enfermeiro. Neste contexto surge como pergunta de investigação: Qual a importância que os enfermeiros das UCIs atribuem à partilha de informação com os familiares dos doentes? Como metodologia optou-se por um estudo exploratório e descritivo, numa perspectiva qualitativa. Como instrumento de colheita de dados foi utilizada a observação e a entrevista semi-estruturada a doze enfermeiros que desempenham funções em UCI. Resultados: Os enfermeiros ignoram as necessidades da família, no que respeita a comunicação e a informação, colocando estas competências em segundo plano na sua esfera de prioridades, dando voz as actividades mecanicistas e tecnicistas. Justificam a sua fuga à comunicação com o excesso de trabalho e falta de tempo. Foram identificados como factores limitadores do processo comunicacional, o tempo que o enfermeiro dispõe para dialogar, a carga de trabalho, as características inerentes à UCI, inexperiência no processo comunicativo e profissional e os mecanismos de defesa criados pelos enfermeiros.

The technological breakthrough over the years has led to a health improvement, resulting, amongst others, in a greater admission period of ICU patients. When faced with the ICU admission, the family turns their attention to the nurse seeking to obtain information. From this context arises the investigation question: What importance do ICU nurses attribute to the sharing of information with the patients family? In an effort to answer this question, it was chosen an exploratory and descriptive methodology, in a qualitative perspective. As a data collection instrument, it was used observation and the semi-structured interview on a sample of twelve ICU nurses.

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Mendes, Felismina
Contributor(s) Saiote, Elisabete Cristina Gomes
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents