Document details

Proposta de implantação de um novo modelo de atenção ao paciente com tuberculose, estruturado em redes, como estratégia para fortalecer a estratégia dots - “directly observed therapy short-couse”

Author(s): Silva, Cláudia Herminia de Lima e

Date: 2011

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10071/2633

Origin: Repositório do ISCTE-IUL

Subject(s): Tuberculose; Modelo de Atenção; Rede; DOTS; Tuberculosis; Care Model; Network


Description

A análise situacional da tuberculose (TB) em Minas Gerais demonstra que uma alta cobertura de Programa de Saúde da Família (PSF) e os modelos atuais de gerenciamento, não têm sido suficientes para o alcance das metas estabelecidas pelo Ministério da Saúde (MS). O presente estudo propõe a adoção de um modelo de atenção à saúde do paciente com TB, voltado para condições crônicas e adequado aos princípios do Sistema Único de Saúde – SUS. O estudo será realizado em uma área piloto composta por oito municípios da região metropolitana, que somam cerca de um terço do total da carga do estado. Belo Horizonte é a capital com maior cobertura de PSF do Brasil, porém, segundo a coorte SINAN 2009, a taxa de cura foi de apenas 69% e o abandono de 19%, com o agravante que 37,14% dos diagnósticos serem realizados nos Hospitais e Urgências. Foram realizadas oficinas de trabalho com a participação de profissionais dos municípios em estudo. A doença foi primeiramente estratificada por graus de risco clínico e de abandono e posteriormente definiu-se o manejo e tipos de atenção para cada nível. Para operacionalizar esse modelo foi proposta uma rede de referência e contra referência entre os municípios. A governança da rede será pactuada na Comissão Intergestores Bipartite. Mediante modelo de atenção adequado e com a organização do sistema de saúde em redes de atenção, será possível visualizar um controle da TB mais efetivo, que contribua para o alcance das metas preconizadas e implementação da estratégia DOTS com qualidade.

A situational analysis of tuberculosis (TB) in Minas Gerais demonstrates that a high coverage of the Family Health Program (PSF) and current models of management, have not been sufficient to achieve the goals established by the Ministry of Health (MOH). This study proposes the adoption of a health care model for the patient with TB, focused on critical conditions and based on the Health System (SUS) principles. The study will be conducted in a pilot area consisting of eight cities in the metropolitan region, which represents about one third of the state total burden. Belo Horizonte is the capital with greater PSF coverage in Brazil, however, the second cohort from SINAN 2009, the cure rate was only 69% and the abandonment 19%, with the aggravation that 37.14% of diagnoses be made in Hospitals and Emergencies. Workshops were held with the participation of professionals from the cities studied. The disease was first stratified by medical risk and dropout degrees and later set up the handling and types of care for each level. To operationalize this model a reference and cross reference between municipalities network was proposed. The governance of the network will be agreed upon in the Intergestores Bipartite Commission. Through proper care model and with the health system care networks organization, you'll see a more effective TB control, contributing to the achievement of recommended goals and DOTS strategy implementation with quality.

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Rodrigues, José Azevedo; Rezende, Thelma Battaglia
Contributor(s) Silva, Cláudia Herminia de Lima e
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents