Document details

O vínculo contratual como factor para a satisfação no trabalho: estudo de caso num call center

Author(s): Pinto, Cláudia Dias

Date: 2011

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10071/2655

Origin: Repositório do ISCTE-IUL

Subject(s): Trabalho precário; Trabalho temporário; Empresas de Trabalho Temporário; Call center; Satisfação no trabalho; Clima organizacional; Precarious Work; Temporary Employment; Temporary Employment Agencies; Call center; Job Satisfaction; Organizational Climate


Description

O presente trabalho centrou-se no estudo do vínculo contratual como factor determinante ou não para a satisfação no trabalho. Teve como objectivo principal tentar perceber se o vinculo contratual (Prazo/Efectivo) em ambiente de Call Center (ramo Seguros de Saúde) é um condicionalismo para a satisfação do trabalho, ou se estão subjacentes outros factores tão ou mais importantes, como por exemplo o ambiente de trabalho, relação com chefia/colegas entre outros. A realização do estudo em Call Center deveu-se ao facto de ser um trabalho que se enquadra na categoria de Trabalho Temporário que é considerado uma forma atípica de trabalho, no entanto estes contratos por vezes duram e perduram ao longo do tempo, ou seja, de temporários não tem nada, a grande diferença é que estes colaboradores não passam a efectivos não beneficiando das regalias que um contrato de efectivo dispõe. Face à dificuldade em se encontrar bibliografia sobre a questão do vínculo contratual, foi necessário fazer uma incursão sobre outras problemáticas que foram determinantes para a elaboração e compreensão do objecto de estudo. Por outro lado, e tendo em conta a triangulação presente no Contrato de Trabalho Temporário foi necessário estudar o papel das Empresas de Trabalho Temporário no mercado de trabalho, a legislação vigente em Portugal e o próprio Outsourcing. A satisfação no trabalho é decorrente de diversos factores extrínsecos e intrínsecos em relação ao ambiente no trabalho. O clima organizacional permite estudar a cultura da empresa e medir o grau de satisfação dos colaboradores nos seus diversos aspectos: supervisão exercida e feedback realizado, remuneração, desenvolvimento profissional e o trabalho em si. Os resultados do presente estudo foram examinados à luz da literatura considerada relevante: Trabalho Precário, Trabalho Temporário, Empresas de Trabalho Temporário (legislação) Call Centers, o conceito de Satisfação no Trabalho (destacando a Teoria dos Dois Factores de Frederick Herzberg) e o conceito de Clima Organizacional – e foram analisados com base nos dados recolhidos através do Inquérito por Questionário tratados respectivamente em SPSS.

Trabalho Precário, Trabalho Temporário, Empresas de Trabalho Temporário, Call Centers, Satisfação no Trabalho, Clima Organizacional

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Guibentif, Pierre
Contributor(s) Pinto, Cláudia Dias
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents